segunda-feira, fevereiro 28, 2005

Cromos do Futebol e....NAO SÓ!!!!

Hoje decidi deixar o Futebol Feminino de parte e divagar sobre os “Cromos” com quem nos deparamos na vida e no Futebol, e que geralmente para além de Cromos também são colas daqueles pegajosos, que por mais que tentemos descolar parece que têm daquelas substancias “ Cientista á lá Invencion” que colam, e colam e colam……..e que depois coitaditos tentam ter a sua piada e ai já são denominados de Cromos, aqueles que numa colecção de 100 são o 101, enfim um infindável numero de pessoas que de uma maneira ou de outra se destacam(quase sempre pela negativa) e deixam-nos a pensar afinal em que país vivemos, em que os Cromos e Colas são os que mais gente conseguem colar á sua cromice e até já existe um protótipo de Cromo e Cola, geralmente com um “ cabecilha” e que depois várias pessoas se identificam com tal grupo de cromo!!!! Vamos então ver:
O Cromo Coincidente – Cabecilha – Jorge Nuno Pinto da Costa – Tudo para este tipo de cromo é uma coincidência, nunca está envolvido em nada, apesar de todas as evidências apontarem para si mesmo, desculpa-se logo com a frase é uma “coincidência eu só estava no lugar errado á hora errada” e ainda a bela frase “Estou indignado”…
Geralmente este tipo de cromo usa os bons relacionamentos financeiros para esconder as “coincidências”
Frases celebres do Coincidente Cabecilha“ Foi uma coincidência o castigo de MacCarty coincidir com o Jogo do Benfica.....penso eu de que vão continuar a existir mais coincidências até que haja justiça”
Nós por cá também achamos que foi uma coincidência o sul africano ter agredido o jogador da Académica, afinal o jogador académico é que estava no lugar errado á hora errada…por isso quando virem um grupo de Negro com ar de mafiosos afastem-se ou ainda sofrem uma coincidência….
O Cromo Sistemático- Cabecilha – Dias da Cunha – Para este tipo de cromo tudo está envolto no sistema, todos fazem parte do sistema seja ele qual for, coagitando planos terroristas de ataques maciços contra as forças do bem e da justiça, geralmente desconfiam de tudo e de todos e até o próprio papel higiénico é inspeccionado, não vá ter um plano maligno do sistema para recolher informações……, este tipo de cromo usa muito a frase: “ É o sistema, tenham medo muito medo, ele anda por ai, cuidado”
Frases Celebres do Sistemático Cabecilha que até consegue criar sistemas imaginários muito particulares como o Sistema Métrico Decimal - "Se o Sporting pudesse marcar 0,1 golos, seria campeão de certeza", esta foi uma das frases proferidas por Dias da Cunha, enquanto enrolava o seu cachecol ao pescoço numa conferência de Imprensa.
Nós por cá ficamos na duvida se o seu cachecol também não fará parte do Sistema e dizemos que nem o Sistema de Segurança do Júlio de Matos está Seguro com Cromos assim, cuidado muito cuidado!
O Cromo Sonhador-Cabeçilha-Luis Felipe Vieira. Este tipo de cromo é caracterizado por ser utópico e por acreditar no ímpossível.Geralmente vive num mundo á parte e acredita que tudo o que o rodeia faz parte do reino da fantasia. Acredita também que é um justiceiro,que vêm para salvar o mundo dos maus e que vai ser o supra-sumo do Reino Imaginário em que os dele são os maiores, este tipo de Cromos custuma usar muito as frases “ Somos os maiores…..não há ninguém como nós…..continuamos a ser os maiores, blá, blá, blá”
Frases Celebres do Sonhador Cabecilha“ Dentro de 3 anos o Benfica será o maior do Mundo” ou “ O Benfica Será Melhor que o Real Madrid”.
Nós por cá achamos que realmente o Sonho comanda a vida, mas no seu caso amigo….. aconselhamos a comprar uma cama baixinha para quando cair não se magoar e dizemos que quando passarem por um Cromo destes apenas digam:ACORDA!!!
O Cromo Disparatado–Cabecilha - Gabriel Alves, comentador desportivo- Este tipo de cromo é caracterizado por nunca mandar uma para caixa, e só diz algo decente quando está calado. Geralmente desculpa-se com “ foi uma distracção” ou “ nunca se enganaram”, mas geralmente este tipo de cromo engana-se mais que o normal e as calinadas no Português são prioridade no dia a dia.
Frases Celebres do Disparatado Cabecilha“A selecção não jogou bem nem mal, antes pelo contrário" "Juskowiak tem a vantagem de ter duas pernas!" ou "O Benfica está em excelente forma, a jogar num 3x4x3x3"
Nós por cá, preferimos nem comentar porque não vale a pena…..apenas dizemos……AMIGO VOLTE PARA A ESCOLA!!!!
Cromo Infiltrado-Cabeçilha- Emplastro- Este tipo de Cromo verdadeiramente Colas, é daqueles 100% pegajoso, é o típico Português que quando vê uma camera de TV leva um cartaz a dizer Mãe estou aqui, e procura ser conhecido nem que seja por aquele tipo Ah e tal…que fez não sei o que….e que é não sei quem…..
Frases Celebres do Infiltrado Cabeçilha-Não recolhemos nada, porque o jovem foi para não sei onde….fazer não sei que.....nós por cá dizemos….Ah e tal porque é Jovem!!!!!!
Não vou terminar sem falar de um Cromo já típico o Cromo Engatatão, e perguntam vocês o que têm a ver com futebol, nada, tirando o facto de termos um a dar comentários sem propósito em relação á minha pessoa neste blog.Este tipo de cromo é geralmente acompanhado de uma grande frustração em relação as mulheres, tentado engatar com uma lábia que até pode dar os seus frutos nas moças menos dotadas de inteligência. De inicio aparece até com comentários porreiros mas depois estrapula os limites da cromice tornando-se mesmo chato e sem propósito. Pelos vistos este têm preferencia por loiras, mas para seu azar o ditado de loira burra não se adequa á minha pessoa.
Eu por cá digo “Amigo Ellijah” acorde para a vida, descole do blog, porque para além de NUNCA ir abandonar este blog para ir para outro, detesto tipos com a mania do engate e muitos menos detesto festejar as vitórias do Porto, por isso aquela de “ Festejar o Porto com loirinhas” fica fora de questão, até porque eu sou de outro nível, prefiro um bom vinho em vez das denominadas “loirinhas”, uma boa companhia e uma excelente conversa e dadas as limitações dos seus comentários não me parece encaixar no “tipo”.
Bem termino por aqui, espero que não tenha atingido ninguém em relação aos seus clubes, até porque também falei do meu e para ninguém ficar chateado da próxima faço humor com os clubes ditos mais pequenos. Apenas decidi fazer um pouco de humor com certas tristezas do mundo desportivo e…não só.
Boa Semana a todos!

Benfica B a caminho da 2.ª B...

Dia de festa na Portela de Sintra, a nova bancada do complexo desportivo do Sport União Sintrense encheu-se de gente para assistir a um emocionante Sintrense-Benfica B.
O Sintrense a fazer uma época desastrosa, estando nesta altura em risco a despromoção do clube aos distritais, o Benfica B a dominar a serie E da 3.ª divisão, e com a subida à 2.ª divisão B praticamente certa.

Na primeira parte o Sintrense dominou, sem grandes oportunidades, a não ser uma jogada de Rochinha, em que este isolado perante Bruno Costa (guarda redes do Benfica B) e com um companheiro ao lado, preferiu rematar à baliza e acabou por falhar... Enfim, já vai sendo habitual este tipo de falhanços dos avançados Sintrenses, jogo após jogo surpreendem-me cada vez mais com as perdidas incriveis que vão inventando...

Ao intervalo saiu Sokota, que deu o lugar a Tiago Santos, a equipa mudou completamente de atitude, foi outro Benfica B que se viu na 2.ª parte, desta vez foi a vez de Vasco Firmino e Tiago Santos falharem lances incriveis, Tiago Gomes esteve muito bem a subir pelo flanco esquerdo e ainda melhor a defender (compensando o desacerto que evidenciou na 1.ª parte) a dupla de centrais comandada por Eduardo Simões esteve impecável, Helio Roque endiabrado, Brezovaki e João Coimbra estiveram muito bem a construir jogo, pena parecer que tinham medo de rematar à baliza...

No Sintrense destaco um homem, Tomás, fisicamente é parecido com Hugo, mas garanto-vos que tecnicamente deixa o central leonino a milhas de distância... Foi uma delicia assistir aos pormenores deste jogador ao longo dos 90 minutos, até os muitos adeptos do benfica presentes no estádio ficaram boquiabertos com a exibição deste jogador, para mim o melhor em campo!

Infelizmente este jogo não merecia o final que teve, João Coimbra parte em fora de jogo para o sprint que lhe possibilitaria fazer a assistência para Tiago Santos fazer o golo, que também estava em fora de jogo... 2 foras de jogo numa jogada, sem imagens é sempre complicado garantir-vos se estava ou não em fora de jogo, mas eu estava em linha com o lance, e ficou-me toda a ideia que estava realmente em fora de jogo.
Claro que depois foi o desespero dos jogadores e adeptos do Sintrense, com cenas menos bonitas...

Com este resultado o Benfica B está cada vez mais perto da 2.ª divisão B, com 13 pontos de vantagem para o Atlético do Cacém (primeiro dos que não sobem) e 8 pontos de vantagem para o Real, que ocupa a 2.ª posição. O Sintrense leva apenas 3 pontos de vantagem sobre a linha de água, e as contas começam a complicar-se, não acredito que o Sintrense desça, mas a falhar golos desta forma tudo é possivel...
Uma palavra para o Real que ganhou por 2-1 ao Vialonga e aproveitou a derrota do Cacém em Carregado pelo mesmo resultado, desta forma o Real de Massamá caminha a passos largos para a sua estreia na 2.ª divisão B.

Grande Abraço e bons ataques!

domingo, fevereiro 27, 2005

Derby minhoto

O estádio municipal de Braga foi uma vez mais palco de um derby minhoto, derby ganho, indiscutivelmente, pelo SCB.
O Braga fez uma boa primeira parte, marcando os dois golos da vitória durante os primeiros quarenta e cinco minutos. O SCB dominou completamente, principalmente os lances de meio-campo. Os golos surgiram em dois momentos cruciais, o primeiro no primeiro quarto de hora (wender) e o segundo surgiu com o findar da primeira parte (João Alves). Não obstante, considero que os golos foram “estranhos”, uma vez que ambos foram provocados por erros letais efectuados pela defesa do Gil Vicente.
Na segunda parte, apesar da equipa de Ulisses Morais ter aumentado as manobras atacantes, o jogo perdeu qualidade, os lances perigosos diminuíram , principalmente para o lado do SBC que teve uma oportunidade flagrante de golo quando João Tomás se isolou perante o guarda-redes gilista, Paulo Jorge. Quanto ao guarda-redes do Braga, teve uma noite bastante tranquila, mas sofreu, injustamente, um belíssimo golo ( o melhor da noite). Sob o meu ponto de vista, o melhor em campo foi, sem dúvida, João Alves que batalhou arduamente , somando à excelente exibição um golo. Em suma, foi um jogo em tudo favorável ao SCB, sem casos de maior relevância. As próprias substituições em nada alteraram o rumo do jogo. Ganhamos o jogo, somamos mais três e continuamos entre os cinco primeiros, beneficiando da derrota do Marítimo e do empate do Boavista. Aguardo com expectativa o jogo Sporting – Estoril, e claro, o clássico FCP – SLB.

POR AMOR A VISEU

Nós, sócios e adeptos do Académico de Viseu estamos fartos da 2ª B. Fartos de estádios sem condições, de bancadas despidas de público, do pouco interesse da comunicação social para com esta divisão. Está na hora de os viseenses se unirem e de colocarmos o Académico no sítio que merece. Porque é que os donos das grandes fortunas não apoiam o clube? Por amor a Viseu, façam algo...

O Académico está a fazer uma grande 2ª volta em casa, hoje vencemos uma das boas equipas deste campeonato o Tourizense por 2 a 1. Não posso falar muito sobre o jogo, porque não o vi, mas quem tiver curiosidade de saber como tudo se passou, basta aceder ao link Viseu online que disponibilizamos no nosso Blog.
A luta pela subida parece agora ser só entre dois, Covilhã e Mafra. Que suba o Covilhã, porque é do interior e porque assim para o ano posso ver jogos da Liga de Honra, perto de casa.
Boa semana a todos!

Equipas cansadas ou o vedetismo ataca?

Este sabado houve bastante competiçao alem-fronteiras, algumas das melhores equipas dos melhores campeonatos ja jogaram ontem.
E o curioso é q tendo embates teoricamente faceis perderam, empataram ou ganharam pela diferença minima.

Comecemos pelo nosso campeonato:

Felgueiras 2-1 Estrela Amadora - O Estrela que tenta subir de divisao foi jogar a casa do 16º calssificado, q esta abaixo da linha de agua, cheio de problemas financeiros e perdeu.

Inglaterra:

Southampton 1-1 Arsenal - Os Gunners nao fizeram melhor q empatar em casa do 18º classificado, tb em zona de despromoçao. Os gunners estiveram a ganhar e chegaram a jogar 8 minutos com um jogador a mais.

Manchester United 2-1 Portsmouth - Os Red Devils so chegaram ao 2-1 aos 82 minutos contra uma equipa que esta no 14º lugar.

Espanha:

Numancia 1-1 Barcelona - O Barcelona começou a perder em casa do último!!! classificado e la trouxe um ponto, nada mau?

Depor 2-0 Real Madrid - Pensando-se q ia recuperar 2 pontos ao Barcelona que tinha empatado com o ultimo, umas horas atras, afinal ainda lhe endereçou mais um (ponto) de avanço.

Alemanha:

Freiburg 0-1 Bayern Munique - O lider foi a casa do 17º e penultimo classificado arrancar uma vitoria a ferros.

Escocia:

Glasgow Rangers 2-1 Kilmarnock - Lider com 36 pontos de avanço do 7º, o Kilmarnock, so ganhou 2-1 em casa.

França:

Lyon 3-2 St.Etienne - Lyon com 22 pontos de avanço do 10º, com quem jogava, chegou a 3-0 e no final rezou para q o jogo acabasse.

Belgica: (6ª Feira)

Mons 1-2 Anderlecht - O segundo classificado foi a casa do 16º em zona de descida e começou a perder, empatando depois com um penalty duvidoso.

Aparte:

Hoje, o canal publico, RTP1 oferece-nos um grande jogo de futebol, a meu ver uma transmissao inedita. A RTP transmite todos ou quase todos os anos a final da Taça de Inglaterra (FA Cup) mas nao esta, a League Cup. Esta taça é apenas disputada pelos clubes das 4 divisoes principais, enquanto q a FACup chega a ter 500 participantes sendo a maior competiçao do mundo.
Temos entao a equipa mais portuguesa de Inglaterra o Chelsea que vai disputar esta final da League Cup com os Reds de Liverpool em q se perspectiva um grande jogo.
A nao perder as 18:30 no canal 1.

Voltando à "vaca fria"

Começo este comentário fazendo uma breve resenha à semana europeia que tivemos oportunidade de ver. Começo pelo 1º jogo, que opôs FCP a Inter de Milão. Tive a oportunidade de presenciar este confronto "in loco" e posso dizer com toda a convicção que bastava o FCP ter um jogador que tomasse as rédeas do "Futebol de Ataque" da equipa, para que a eliminatória fosse francamente positiva ao intervalo da mesma. O Inter pareceu-me uma equipa onde a pressão sobre os adversários é bem feita, visando o erro nos passes dos adversários, recuperação rápida da bola para se poder lançar o rapidíssimo Obafemi Martins e o possante Adriano. Honestamente não vi nada táctico nesta equipa, apresentando-se sem fio de jogo, entrosamentos inexistentes, banais a defender e preferindo a pressão sobre os adversários do que a posse de bola. Para uma equipa que gastou 100 milhões de contos nas contratações em poucos anos, que se dá ao luxo de deixar o melhor jogador Uruguaio de todos os tempos em Itália, assim como o verdadeiro "pitbull" Edgar Davids a fazer-lhe companhia, que deixa o "velhinho" Mihajlovic, exímio transformador de livres, indisciplinado mas mais talentoso do que Materazzi, no banco, pedia-se um pouco mais, a meu ver. Esta é uma equipa que tem belíssimos jogadores e que tem valor para apresentar um futebol de primeiríssima qualidade, coisa que não se verifica. A meu ver, o jogo do Inter assentou em três jogadores: Verón, Martins e Adriano. Se na defesa tem jogadores tão influentes como Córdoba, Favalli e o grandioso Javier Zanetti, se no meio campo tem jogadores como Stankovic, Cambiasso e Christian Zanetti, não devería o Inter ter ganho o jogo claramente? Não devería o Inter estar no topo do campeonato de Itália? Eu acho que esta equipa tem muito mais valor do que aquele que demonstrou, mas ainda bem para o FCP que assim é, e é por isso e pela presença de um criativo no centro do terreno que eu acho que a eliminatória está dividida, tendo o Inter a vantagem de ter marcado um golo fora. Falando agora do FCP, e tendo em atenção o que eu disse da equipa do Inter, este FCP apresentou-se com querer, mas com pouca inspiração. Diego é um miúdo talentoso, acho que é inegável, mas por ventura muito novo e com consequente pouca experiência para ser ele a pensar a forma de atacar do FCP. Mas sem dúvida que ele ou outro similar que pudesse ter desempenhado essas funções tería dado muito jeito para este jogo em particular. O FCP entrou em campo com 4 médios centro, Costinha a trinco, Maniche, Raúl Meireles e Bosingwa a complementar a táctica a meio campo. O FCP entrou na segunda parte muito melhor, fruto do infortúnio da lesão de Bosingwa que o obrigou a sair, mas também por uma mudança na qualidade e personalidade por parte de Raúl Meireles, que durante toda a 1ª parte tremeu como "varas verdes", afastou-se do jogo e não assumiu a responsabilidade do mesmo, sinal inequívoco de que não estava habituado a grandes vôos no passado. Enfim, a ver vamos, e por esta razões acho que o FCP tem muitas hipóteses de passar aos quartos de final da competição.
Relativamente ao Sporting, segundo jogo, vi a bocados a primeira parte. Como nessa parte não houve golos, pareceu-me um jogo morno, mas em que o Sporting foi à Holanda para controlar o jogo. Pedia-se mais de uma equipa que jogava em casa e que estava em desvantagem, por isso, o Sporting fez muito bem o seu papel. No que diz respeito à segunda parte, e do pouquíssimo que vi, de enaltecer os grandes golos marcados pelo Sporting e de lamentar a atitude dos adeptos do Feyenoord! Parabéns ao Sporting, e que venha o Middlesbrough, apesar de pensar que aqui vai "piar mais fino".
Último jogo das competições europeias por parte do Benfica, também última equipa portuguesa a entrar em campo, penso que foi um jogo em que a equipa da casa tentou resolver o jogo e tomar as rédeas com muito coração e menos cabeça e paciência. As oportunidades de golo criadas foram essencialmente em remates de longe, que passaram pouco ao lado da baliza, ou esbarraram no guarda-redes que também estava inspirado. Ora, isto é revelador de uma coisa que a estrutura toda do Benfica não está habituada, e tem de ter a consciência que os resultados assim são extremamente mais dificeis de atingir, ou seja, a falta de paciência e o querer resolver as coisas de imediato, sem bases sólidas, sem condições criadas e sem meios. A história recente do Benfica tem sido feita por isso. Um treinador que vem escolhe novos jogadores, aplica uma táctica para a equipa, treina, motiva os jogadores, mas quando os resultados não são os desejáveis arruma-se a casa outra vez e deita-se fora tudo o que foi construído. Trapatoni está a fazer um trabalho que os benfiquistas teimam para que tenha frutos de imediato, e isso reflecte-se na equipa porque toda a estrutura é afectada. Os benfiquistas, fruto de não terem uma estrutura e um passado recente de vitórias que lhes permita "encaixar" estes desaires, estão sistemáticamente insatisfeitos. Se por um lado se entende, porque todos nós queremos que a nossa equipa ganhe, já passou o tempo de desespero, e 11 anos sem ganhar o campeonato é igual a 12 ou a 13. Tenham paciência, acreditem nos dirigentes, nos treinadores e jogadores e façam passar a mensagem de equilibrio, de confiança e de apoio que tanto tem sido defendida pelos próprios dirigentes.
Penso ainda que Trapatoni teve uma equipa com pouca sorte para o trabalho demonstrado, mas o futebol não é só atacar, já que o CSKA marcou mais golos legais na Luz do que em Moscovo, e isso não se pode descurar. Penso também que Trapatoni teve a consciência de que a eliminatória estava perdida e deu descanso a Nuno Assis, Geovanni e Nuno Gomes para o jogo de amanhã contra o FCP. Faltam vitórias, motivação e confiança das grandes vitórias a todo o benfica.
Relativamente ao jogo grande de amanhã, espero que seja um grande jogo de futebol, que o estádio esteja cheio, que os 1008 bilhetes para a claque do benfica se transformem em 2016 ou 3024, que os jogadores sejam dignos de um clássico destes e que o árbitro os acompanhe.
Para finalizar, queria deixar ainda aqui o meu testemunho no que concerne às decisões do CD ou CJ da Liga ou Federação de futebol. Se foi feita justiça, a meu ver, na redução da pena ao McCarthy, (não deixo de dizer que provávelmente ele inicialmente tería de ter uma pena superior a 2 jogos) já que o recurso que visava defender o jogador se tornou infrutífero e teve contornos duvidosos e contrários ao inicialmente pretendidos, não foi feita justiça ao não aplicarem um processo ao jogador Petit pela agressão ao jogador Targino. Simão foi penalizado pelo precedente criado com Pedro Emanuel, mesmo eu achando que os lances não são bem iguais, mas na sua essência e na argumentação do CD da liga, aquando da pena ao jogador do FCP, eles têm de ser tratados da mesma maneira. O CD cometeu o erro de julgar lances que são usuais em futebol, e abriu um precedente, por mais ridículo que se tornem, já que por jogo, a maior parte dos lances disputados de cabeça são feitos com os cotovelos no ar, já que os jogadores assim ganham mais impulsão. A mesma coisa foi feita com Seitaridis. O mal reside em ter juízes que não jogam, ou se calhar nunca jogaram futebol e não percebem nada da "poda". A minha indignação tem a ver com o branqueamento da agressão do Petit ao Targino, já que este é um caso onde não há defesa possível, assim como os lances que deram castigo a McCarthy e Luis Fabiano no FCP. Uma vergonha!
Bom fim de semana desportivo e de saúde!

sábado, fevereiro 26, 2005

Champions League

Mais uma jornada europeia, grandes jogos, algumas surpresas e confirmações.
Assim temos que em relação à Champions League tivemos muitas "finais antecipadas" das quais vos transmito aqui o meu vaticínio:
1) Man Utd vs AC Milan - Surpresa em Old Trafford! Sinceramente após ter visto nos últimos meses esta equipa inglesa a subir muito de produção, não esperava que se deixasse bater pela matreirice reconhecida aos italianos. O AC Milan ganhou uma boa vantagem, mas não acredito que tudo esteja já resolvido, tal é o equilíbrio de forças neste confronto. Contudo a minha aposta vai para os italianos.
2) Bayern vs Arsenal - Aqui estão duas confirmações! Uma, os alemães são uma bela equipa e já começam a ameaçar os outros grandes do futebol europeu. Este ano os bávaros parecem mais sólidos que nos últimos anos e são sem dúvida uma equipa a ter em conta. A outra confirmação é o Arsenal. Infelizmente deu-se a confirmação que a equipa orientada por Arséne Wenger está em declínio exibicional e psicológico, sendo batida com relativo à vontade pelo Bayern. No entanto, faltam ainda jogar 90 minutos e todos sabemos o que uma noite de inspiração pode trazer, mas volto a referir que considero os alemães um conjunto muito sólido e personalizado, por isso aposto no Bayern!
3) Werder Bremen vs Ol. Lyon - Grande surpresa! O Werder está em franca recuperação na Bundesliga e nada fazia prever este desfecho. O Lyon fruto da experiência de bons jogadores como o Juninho, Wiltord, Moulida ou Essien venceu numa noite de grande inspiração e, na qual tudo saía bem. Parabéns aos franceses, mas convém lembrar o único confronto entre estas duas equipas. Foi à cerca de 5 anos e, aí o Lyon venceu (em casa) a 1ª mão por 3-0, no entanto não foi suficiente para eliminar os verdes de Bremen, pois estes na 2ª mão triunfaram por 4-0! Irá a história repetir-se? Não acredito!
4) Liverpool vs Bayer Leverkusen - Grande LIVERPOOL!! Para quem não sabe é a minha equipa estrangeira favorita! Fiquei surpreendido com o desfecho deste jogo! Já se viu que a jogar em Anfield o Red Army é muito forte, o pior é quando joga fora. Na minha opinião ainda nada está definido e, sinceramente estou em crer que os alemães vão dar a volta à desvantagem... Infelizmente.
5) Real Madrid vs Juventus - Enfim, mais uma típica exibição da Juve à Fabio Capello... Era de esperar aquela postura dos italianos. Os madridistas venceram com toda a justiça e o resultado acaba por ser lisonjeiro para os transalpinos. Agora, no Delle Alpi a história vai ser certamente outra. Veremos como se irá portar o Real Madrid que terá aí a oportunidade de demonstrar toda a sua matreirice. Aposto nos italianos.
6) FC Porto vs- Inter Milan - Resultado justo no Dragão. O FCP continua sem grande imaginação no ataque e, obviamente que as exibições refletem isso mesmo. O Inter mostrou estar uma equipa muito confiante e, não fosse o eterno Vítor Baía e o resultado poia ter sido outro. Sinceramente penso que neste momento os italianos têm 80% de hipóteses de avançar na competição, contudo o meu FCP já demonstrou na presente época que nos momentos mais adversos consegue dar a volta às situações. Afinal, a esperança é a última a morrer! FORÇA FCP!
7) Barcelona vs Chelsea - Vitória justa dos catalães! O Chelsea foi com uma estrutura muito receosa, mas bem montada! Contudo após a expulção do Didier Drogba as coisas mudaram muito. Aí o Barça ganhou muito ascendente, massacrou, marcou dois golos e, podia até ter marcado mais. A 2ª mão promete e muito! Atenção Mourinho ao contra-ataque catalão! Afinal com jogadores como E'too e Giuly que gostam pouco de correr as coisas vão ser muito animadas. Voto no Chelsea!
8) PSV vs Monaco - Vitória natural, em casa, dos holandeses. Contudo agora, é igualmente natural a reviravolta em casa dos monegascos. Saviola, Kallon e Adebayor serão certamente ameaças constantes para os holandeses. Aposto no Monaco!

sexta-feira, fevereiro 25, 2005

Competições Europeias - 2ª Parte

Infelizmente lá se foi o meu clube... Pobre, muito pobre o espírito de conquista desta equipa e deste treinador. E ainda tem a lata de vir para uma conferência de imprensa dizer que foi o melhor jogo da época... Sinceramente...
Apesar de na estatística final do jogo o Benfica ter uma quantidade enorme de remates efectuados, já repararam que a maioria deles foram efectuados bastante fora da área, sempre criando apenas perigo relativo???...
Resultado mais do que justo, até porque pensando bem, o CSKA ainda teve dois golos mal anulados... Espero que o Benfica consiga rectificar já na próxima segunda-feira este resultado, mas infelizmente estou um pouco pessimista, não pelo que o FCP joga (pois este é o pior dos últimos anos do FCP) mas pela fraqueza demonstrada pelo nossa equipa... Espero bem estar enganado...

Quanto ao Sporting, excelente vitória, excelente exibição. Acredito até que com a eliminação do Valência o Sporting é um dos claros candidatos a estar presente na final da Taça Uefa. Esperemos para que o nosso futebol continue a ter sucesso internacionalmente este desejo seja realizado. Uma última nota, negativa, para o comportamento dos adeptos holandeses no jogo de ontem: vergonhoso como ainda acontecem coisas destas na alta roda do futebol europeu...

quinta-feira, fevereiro 24, 2005

Entrevista a Jaclyn Raveia-Ultima Parte

Hoje irei finalizar a entrevista a Jaclyn Raveia com a ultima parte de 3 entrevistas, e nesta será abordado a criação da Liga Feminina, os Apoios que recebem e a estrutura da Liga.

Temos estado a abordar bastante o tema ensino e a sua força, por isso pensei em abordar também a parte técnica envolvida. É certo que o Futebol Feminino, teve uma grande ascensão, mas quando foi criada definitivamente uma Liga Feminina?
Bem a ideia propriamente dita surgiu em 99, depois da Selecção Feminina ter tido um brilhante desempenho no Campeonato do Mundo o que permitiu os EUA tornarem-se Campeões do Mundo nesta modalidade, nessa altura uma febre imensa assolou todo o país, um grupo de investidores, liderado pelo patrão da estação televisiva Discovery Channel e outras estações da rede por cabo, uniram-se e investiram quarenta milhões de contos para dar início ao projecto. Em 2001 finalmente deu-se o pontapé de saída.
É abismal essa quantia, estou completamente estupefacta com tamanho investimento, mas com tanto dinheiro, não ficaram eles com medo que alguma coisa corresse mal, como tinham a certeza que a modalidade ia corresponder aos investimentos?
É obvio que isso já estava tudo pensado, não acredito que quem investe 40 milhões de contos, não se resguarde, é nítido que as coisas são pensadas de forma a darem-se passos seguros, e neste caso fora bem seguros.
A modalidade estava cada vez mais em crescimento, as pessoas cada vez gostam mais de a praticar, seja em clubes, seja com a família, por isso nada melhor que investir na TV por Cabo, onde todas as partidas são transmitidas, na publicidade com outdoors nas ruas, e grandes campanhas de Marketing para agarrar cada vez mais as pessoas à modalidade. Até a Boneca barbie já teve uma representação de uma jogadora americana, as marcas apoiam-nos, e exploram a modalidade até ao limite, dão-lhe reconhecimento, nós somos ídolos de muitas crianças que querem ver-nos ao vivo, a jogar e a fazer-lhes crescer sonhos, talvez por isso seja praticado algo que no meu ver é do mais inteligente que existe que são os preços baixos dos bilhetes para assistir ao vivo aos jogos em relação a outras modalidades, não queremos que as pessoas deixem de comer para pagar bilhetes, por isso os preços são muito em conta a qualquer bolsa americana.
Sem dúvida é uma grande medida, até porque se as miúdas se já sentem motivadas com o apoio escolar e ainda têm hipóteses de assistir aos jogos com a família porque os preços são acessíveis a vontade de se tornarem jogadoras também cresce, fazendo com que a liga nunca perca dinheiro mas acabe sempre por ganha-lo até com novas apostas.
Sim claro, isso é lógico, é uma jogada de mestre, de quem comanda isto, tu acabas por ver famílias inteiras, até avós a jogarem futebol com as netas ao fim de semana nos parques, porque a febre do Futebol é tão grande que não tenho duvidas nenhumas que todas as mulheres americanas de uma maneira ou de outra querem estar ligadas à modalidade, é uma honra para todas.
As pessoas até podem pensar que se os bilhetes são baratos onde vão ganhar dinheiro, mas é no próprio facto de ser barato que se ganha muito.
Se os preços são acessíveis se calhar as pessoas em vez de irem ao Futebol 1ª vez por mês como em outras modalidades vão duas ou três, se existem pessoas que assistem, existem cada vez mais pessoas interessadas em praticar, se existem mais interessados as jogadoras também crescem, a liga têm mais fama e sucesso e as grandes marcas como Nike, ou Coca-Cola apoiam sem duvidar sequer que é uma aposta de sucesso, a isto chama-se Marketing.
Concordo plenamente contigo, até porque se querem fazer coisas com bom conteúdo e que tenham sucesso é preciso não só vontade para que isso aconteça mas também pessoas inteligentes e que saibam comandar toda uma instituição com discernimento, sem dúvida uma resposta para o meu país ler….Mas continuando, vocês têm uma estrutura tão metodizada, que até a própria condução da WUSA é diferente, explica-nos em que consiste.
Digamos que ao contrário do que acontece nas outras modalidades, aqui não são os clubes que gerem nada, mas sim a Liga que gere todo o sistema desportivo, apesar de poder não ser muito justo as coisas funcionam bem assim, pois todos os clubes remam para o mesmo lado, não existe os que têm mais nem menos porque todos são geridos pela WUSA da mesma maneira, as jogadoras quando assinam contratos assinam-nos com a Liga e não com os Clubes, tudo o que diz respeito à liga faz parte desta, tudo o que acontece de bom e de mau é a liga que gere, o que acaba por dar resultados pois a nível de clubes nunca existe uma grande distinção entre eles, pois todos estão praticamente ao mesmo nivél, todos têm praticamente os mesmos apoios acabando por não haver clubes grandes nem pequenos o que proporciona uma boa competição.
E no meu pais fala-se de corrupção de clubes(risos) tudo a ver…..
Jaclyn depois de tanta coisa boa que o futebol feminino têm trazido ao pais e á população, quais são as diferenças reais do Futebol Feminino para o Masculino?
Bem Daniela, as diferenças não são muitas, sinceramente são quase nulas, eles são mais fortes que nós fisicamente isso é nitido é uma questão de massa corporal, eles atiram a bola para a frente e correm, têm mais resistência fisica, mas acho que essa é mesmo a única diferença, porque a nível dos aspectos técnicos, as diferenças são muito poucas. O controlo de bola, o remate, conhecimento táctico e o passe, são aspectos em que as mulheres já poucos devem aos homens, e isso é muitas vezes comprovado nos treinos que fazemos com equipas masculinas em que os jogos são muito bem disputados e renhidos.
Li á pouco tempo numa revista que existem pessoas que defendem que o Futebol Feminino consegue ser mais espectacular que o masculino, inclusivé homens que pensam assim, eu também concordo, mas para quem não conheçe o futebol que se pratica aqui, explica-nos o fundamento dessa afirmação.
Hummm….eu tambem acho(risos), olha eu tambem li essa entrevista, e quem disse isso é alguém que sabe das coisas ou não estariamos a falar de Tony DiCicco, o homem forte da organização da WUSA.
O que ele disse e sem duvida têm fundamento é que duas equipas masculinas como é obvio devido á sua constituição fisica enchem muito mais o campo a nível optico e fisico, mas o mesmo numero de mulheres nesse campo deixa mais espaços vazios, fazendo com que o jogo circule muito melhor, tornando-se mais solto e assim cria-se muito mais opurtunidades de golo.
Dai as pessoas terem mais animação num jogo feminino, porque tudo é imprevisivel, mas sempre sabendo que a qualquer jogo que vás a qualidade é das melhores.

Bem terminámos, agradeço-te imenso a paciencia que tives-te em não só me responder as perguntas como ajudar-me a elaborar a entrevista, sem duvida foi um enorme prazer, e as pessoas em Portugal agradecem não só a tua simpatia como a maneira como explicas-te as coisas, simples e claras como elas são, só não se fazem grandes coisas porque não há vontade e ponto final, nesse caso e seno adepta de futebol feminino invejo o teu pais, por isso queria que dissesses algo em teu nome directamente para quem lê isto.
Ai….essas coisas já são piores….hummmm, discurso, discurso…(risos)
Bem amigos quu têm esta simpatica jovem no vosso blog, gostaria apenas de dizer que
Têm uma imensa sorte em a ter pois é uma grande conhecedora de futebol feminino e uma defensora ainda maior.É bom saber que existem mulheres com esta vontade, pois aqui tambem começou assim, com grandes lutadoras, só gostaria é que deixassem de lado o preconceito de ver mulheres a jogar, deiam opurtunidades, é obvio que não são dirigentes de nada, mas a força tambem pode começar nos amigos, por isso não pensem que nós mulheres não o podemos fazer porque nós EUA somos a prova viva disso.
Beijinhos a todos e e espero um dia vir a conheçer Portugal, de preferencia com a amiga Daniela a falar-me da vossa Selecção. Jaclyn Raveia

Competições Europeias - 1ª parte

A Liga dos Campeões já foi jogada. Infelizmente para o futebol português o F.C.Porto empatou em casa e prevejo que será muito complicado dar a volta ao resultado. Até porque a sensação que fica do jogo de ontem é que o Inter sempre que acelerava um pouco mais criava muito perigo. Mais uma grande exibição do Baía que continua a demonstrar ao nosso seleccionador o quanto teimoso é. Até eu como benfiquista o reconheço, vejam só... :-)
Quanto aos restantes jogos, interessante analisar que na 3ª feira o factor casa foi determinante e todas as equipas forasteiras foram derrotadas. Ao invés, ontem, apenas o Chelsea perdeu, jogando fora, mesmo conseguindo um resultado que face ao futebol produzido foi bastante produtivo. Desta vez Mourinho não conseguiu levar a melhor com os seus mind games...
Falta agora a 2ª parte das competições europeias, que são os jogos de hoje à noite. Tarefas bem difíceis para Benfica e Sporting e acho muito complicado que qualquer uma das duas equipas se conseiga apurar... Espero bem que esteja enganado e que quando fizer a análise amanhã a estes dois jogos esteja bem disposto. Boa sorte para as equipas lisboetas!...

quarta-feira, fevereiro 23, 2005

Novo membro

O blog está em crescimento, como tal angariou-se um novo membro, eu! Como nada sabem sobre mim, excepto o facto de eu ser bracarense, vou-me apresentar devidamente. Sou a Vera; moro em Braga; sou adepta do Sporting Clube de Braga e detesto fanatismos (não posso esconder a minha simpatia por um dos grandes, o SLB). Acho que isto basta, pois penso que ao longo desta etapa iram conhecer-me melhor, mesmo que sejam apenas as minhas opiniões, que irei postar ao longo do tempo que me quiserem manter como membro. Mudando de assunto, o Sporting Clube de Braga fez uma primeira volta fantástica e espero que os jogadores continuem o bom trabalho efectuado até agora. Perdemos, várias vezes a oportunidade de comandar a liderança, mas isso não é o nosso objectivo, tal como o nosso treinador disse: a nossa meta é a "europa" ! Na última jornada praticamos um futebol tacticamente trapalhão, com muita perda de bola a meio-campo, o que se verificou no resultado final, uma derrota ( para os politicamente correctos, a derrota foi consequência do todo, mas na minha opinião, a culpa foi do guarda-redes, que apesar de já ter demonstrado boa forma e ter efectuada excelentes defesas, não conseguiu evitar um novo "frango") . Oxalá não o repita nos próximos jogos,essencialmente nos próximos dois, que são importantes : contra o Gil para a superliga e para a Taça de Portugal, frente ao Setúbal. Posto isto termino este breve post, esperando uma vitória do SCB frente ao Gil Vicente , na sexta-feira.

O futebol que temos...

Quem leu o que eu disse aquando dos sumaríssimos aos jogadores do FCP certamente verá que mantenho o meu critério de análise.
Da mesma forma que foi ridículo o castigo ao Seitaridis, não deixa de ser ridículo este castigo ao Simão. Ainda por cima quando no mesmo jogo, a meu ver, existe um lance envolvendo o Petit e o Targino que é bem pior. E quando leio que o Petit não é castigado porque "não atingiu o adversário numa zona que tenha posto em causa a integridade física do atleta", francamente isto só pode dar vontade de rir. Mesmo sendo benfiquista teria de compreender uma punição no lance do Petit, agora no do Simão... francamente... A Liga devia ter membros que alguma vez tivesse jogado futebol.
De qualquer forma, o SLB certamente irá recorrer, tal como recorreu o Porto aquando do castigo do McCarthy, por isso tirem o cavalinho da chuva pois o capitão jogará no Dragão, a bem do futebol... Também não tenho dúvidas que o McCarthy será despenalizado no decorrer desta semana e jogará contra nós. A bem do espectáculo, que espero seja dos melhores da Superliga.

terça-feira, fevereiro 22, 2005

Entrevista a Jaclyn Raveia-2ª Parte

Como prometido aqui fica a segunda parte da entrevista a Jaclyn, em que ela irá explicar o seu ingresso na faculdade e no futebol profissional, e o peso que as Universidades e o Futebol têm aqui nos Estados Unidos.

Jaclyn depois de termos terminado com uma provocaçãozinha nada como retomar o assunto onde terminámos. Estive a pesquisar e encontrei uma frase dita por Tracy Ducar Guarda-Redes da Selecção que dizia assim ” Nós somos as melhores do mundo porque somos também as mais feministas do mundo”, concordas que é por isso que vocês estão hoje em dia no topo da Modalidade?
Hum....(risos) achas isso de nós? Concordo com o que ela diz sim, como sabes o nosso país defende as lutas contra o racismo ou qualquer outro tipo de descriminação, ora aqui é perfeitamente normal ver mulheres a jogar, porque nós impusemo-nos, mostrámos que não éramos nenhumas marias-rapazes só porque gostávamos de jogar futebol, ao contrário do pensamento que os Europeus têm em relação ás mulheres que apreciam essa modalidade. Acima de tudo afirmamos a nossa posição como mulheres.
Bem mudando de assunto, para que quem lê não esteja a pensar que isto é uma entrevista feminista, conta-me um pouco como foi o teu ingresso no futebol profissional.
Fiz o meu percurso escolar normal, terminei o ensino secundário, sempre a jogar futebol, com campeonatos inter-escolares, em que as raparigas tinham o maior orgulho em participar e em 98 ingressei na Universidade de Richmond, e ai a realidade era completamente diferente, o futebol feminino estava no auge, todas as Universitárias davam o máximo dos máximos para poderem entrar no Clube da Universidade, ser jogadora era um grande orgulho, não só para nós, como para as famílias, ai a minha paixão foi completamente realizada, quando ingressei na equipa Universitária.
Então bastava entrar na Universidade para oficialmente te tornares Jogadora?
Isso era fácil(risos), muito pelo contrário, quem queria e quem quer ser jogadora de futebol tinha de provar que o merecia, não só com vontade de o jogar mas acima de tudo com boas notas. Não é qualquer uma que entra para a equipa, tens de estudar, tens de te aplicar se queres ser apoiada e se queres jogar, eles dão bolsas de estudo e financiam muita coisa mas tu tens que mostrar que mereces isso, durante os 5 anos que estás a estudar com boas notas.
Sentis-te que a Universidade que escolhes-te estava bem preparada para poder desenvolver essa Modalidade?
Sim claro, a Universidade de Richmond é das melhores nesse aspecto, não é por acaso que anualmente saem mais de 400 atletas-estudantes a participar em campeonatos em 19 modalidades diferentes.
Somos extremamente apoiados não só no desporto como no ensino, e temos mesmo que se,r porque só os melhores é que continuam a treinar e a competir, só os melhores têm sucesso nas várias ligas desportivas. Não é por acaso que a nossa Universidade tem o grau de sucesso de 85% de graduações, e os seus atletas considerados dos melhores, tens de estudar bastante para lá estares.
O que me estás a dizer é que o Ensino Americano mata “dois coelhos numa cajadada só”, patrocina o Futebol Feminino de uma forma espectacular, como também proporciona ás raparigas continuarem a estudar e tirarem bons resultados para que possam lutar por um Futuro melhor com boas bases educativas?
Sim basicamente é isso, e acho que a esse nível foi um excelente empreendimento, pois todos sabemos que o mundo laboral está cada vez mais competitivo, e só quem têm boas bases é que se safa, ora entrar na Faculdade qualquer um entra, acabá-la com sucesso é que é mais difícil, assim sendo o que os EUA fizeram foi aliar a modalidade que mais adeptas têm conseguido angariar nos últimos anos, aos bons resultados escolares, acho que é mesmo naquele sentido “Queres fazer parte da melhor liga do Mundo, Estuda”, é um bom incentivo e o mercado de trabalho agradece porque saem pessoas mais competentes das Universidades, nisso acho que fomos bastante inteligentes.
Pois eu também acho(risos)…..continuando, achas que essa maneira de empreender o desporto nas escolas, dá frutos nas crianças e adolescentes mais carenciadas? Pergunto isso porque em Portugal por exemplo existem bairros carenciados que até têm o seu clube mas que pouco ou nada contribuem para o desenvolvimento escolar das crianças.
Sem dúvida que sim, como já vis-te, aqui também existem bairros carenciados e pessoas que passam por muitas necessidades, e haver uma modalidade que é praticada em ensinos públicos, que têm um peso enorme na população, dá um incentivo para que os miúdos se mantenham nas escolas, pois vêm que aquilo que gostam até tem futuro, e que é bastante apoiado.
A pobreza existe em todo o mundo, não acredito que aja forma de a extinguir, mas existem sempre formas de a contornar e de a tornar menos sofredora, acho que as pessoas que vivem carenciadas não querem sonhos, mas sim coisas reais, que as ajudem a esquecer um pouco a sua própria realidade e que possam dar ás crianças um futuro mais risonho, o mal que vemos em muitos países é que se queres praticar um desporto e até te tornares federado, tens que pagar para isso, e quando são de borla nunca têm bases que te permitam pensar no futuro, ora os mais carenciados não podem pagar, muitas vezes andam nas escolas com apoios das assistentes sociais e por isso teres na escola algo que te motive e veres em plano prático que esse desporto é bem recebido e apoiado pelo país faz com que as crianças queiram ir para as escolas
estudar.
Confesso que estou estupefacta com a tua resposta, é sem dúvida a realidade, falo por mim que a vejo diariamente no meu país….Prosseguindo. Temos equipas femininas de grande nível, escolas que apoiam e certamente boas profissionais no curso que tiraram, mas com tanta ocupação, onde fica a vida privada?
Sabes Daniela, nós somos da mesma idade certamente não temos vidas assim tão diferentes e eu vejo que ao longo destes quase meus 26 anos a vida já me ensinou algumas coisinhas, entre elas é o que quer que nós façamos a pensar num futuro melhor a nossa vida pessoal é sempre afectada, mas é uma escolha que fazemos e uma coisa por que toda agente passa a partir do momento que decide dedicar-se a sério a algo.
É obvio que estudar, tirar boas notas e ter um curso na mão não é fácil despende muito tempo, aliado a isso praticar um desporto que gostamos e que faz parte da nossa vida, rouba muito tempo, e as pessoas que nos rodeiam são prejudicadas, mas isso é como tudo, tu mesmo estás aqui nos Estados Unidos, e certamente deves ter deixado muitas coisas boas em Portugal, mas foi uma opção que fizes-te, estar aqui durante um tempo a trabalhar no que gostas, são opções em que a vida privada acaba por ser sempre a mais prejudicada, mas quem gosta verdadeiramente de nós entende.
Mais uma vez uma excelente resposta assim fico sem palavras….E afinal depois de tanta coisa sobre estudar, ter boas notas e tirar um curso com aproveitamento, em que te licenciaste tu?
Será que me licenciei? (risos) Pois é, licenciei-me comunicações do discurso em Richmond, e hoje em dia para além do Futebol trabalho em congressos, eu sei que se calhar as pessoas estariam a espera que me licenciasse em desporto, mas à parte do Futebol tenho muitas outras coisas que gosto, como comunicar e línguas.
Vou finalizar com mais uma provocaçãozinha, já é hábito(risos), mas esta vai ser directa para o meu país, Jaclyn qual foi a tua média de fim de curso e qual é a média dos estudantes finalistas?
És mesmo mazinha….(risos) a minha média foi de 19, e geralmente um estudante-atleta não sai da faculdade com menos de 17, aliás isso é muito mal aceite pelos próprios estudantes que não querem ter menos que isso.

Ok. Tudo a ver com o Ensino Português…..Nos próximos dias publicarei o resto da entrevista.
Boa Semana a todos

Derby Quente

Quem diria há uns meses atrás que o F.C.Porto-Benfica seria jogado com os dois clubes empatados na liderança do campeonato??... Poucos certamente...
Esta jornada foi, a meu ver, fértil em surpresas... Académica a vencer em Barcelos, o Moreirense a empatar em Setúbal e o Beira Mar a empatar nos Barreiros... Prova de que estamos perante o campeonato mais competitivo dos últimos anos e não é só por causa da luta dos lugares da frente. Se analisarmos bem a classificação, temos neste momento 6 equipas a lutar desesperadamente contra a despromoção (separadas por 4 pontos), sendo que nenhum clube está desde já condenado, temos 7 equipas a lutar arduamente pelo 6º lugar que pode dar acesso à Taça Uefa no próximo ano (separadas por 6 pontos), e temos as restantes 5 equipas a lutar pelo título, separadas por 4 pontos. O que se poderia querer mais??...
Quanto aos jogos em que participaram as equipas que lutam pelo título, a mim parece-me que o Braga está claramente a perder fôlego (perdeu 8 pontos em 3 jogos), o Boavista teve a estrelinha mais uma vez (e assume-me como sério candidato), o Sporting foi massacrado em Leiria, só se salvando devido à grande exibição do Ricardo (finalmente!), o Porto ganhou em Belém onde o Belenenses acabou por ser desilusão, apesar de se poder queixar de um penalty (que é claríssimo!), e o Benfica mais uma vez conseguiu fazer uma boa primeira parte e sofreu imenso no resto do jogo. Quanto ao meu clube só tenho a dizer que se o Benfica for campeão a jogar assim e com o Trapattoni com estas opções é a maior surpresa dos últimos anos. Fazer a primeira substituição aos 75 minutos numa equipa que está na lonas fisicamente, que está a perder o controlo do jogo e que tem mais 2 jogos importantes nos próximos 8 dias, só pode passar pela cabeça do Sr. Trapattoni. Deixo-lhe um repto: Abra os olhos!...

segunda-feira, fevereiro 21, 2005

Entrevista a Jaclyn Raveia-1ª Parte

Este fim de semana estive mais uma vez com a jogadora Jaclyn Raveia com quem tive uma excelente conversa e em que aproveitei algumas partes, para juntamente com a sua ajuda transformar a nossa simpatica conversa numa entrevista esclarecedora, e dinâmica para o nosso blog.
Sem duvida foi um excelente momento de partilha de ideias, em que Jaclyn mostrou ser bastante acessivél e com vontade de mostrar que as mulheres têm a capacidade de jogar futebol tão bem como os homens e como diria Jaclyn "Por alguma razão as nossas equipas estão ao mesmo nível das masculinas", assim sendo espero que vos agrade este trabalho que vai ser divido em algumas partes e assuntos, sendo esta dedicada ao nascimento do Futebol Feminino.
Como surgiu a tua paixão pelo futebol?
Bem Daniela, sinceramente acho que essa paixão já nasceu comigo, acho que nasce com qualquer rapariga que nasça aqui. A minha Mãe já começaava a gostar de futebol pois nos anos 70 a modalidade já agradava bastante, mas nessa altura ainda éra proibida nas escolas, e só quando em 85 foi feita a primeira Selecção Feminina é que as Mulheres abraçaram definitivamente essa modalidade. Ora eu nessa altura tinha 6 anos, acabava de entrar para a escola, e a modalidade estava a ser muito falada, foi façil apaixonar-me por futebol.
Passas-te pelas dificuldades de uma modalidade para se afirmar, ou achas que quando entras-te no ensino o mais dificil já estava feito?
Sem duvida o facto de no ano em que entrei para a escola o futebol feminino ser decretado desporto escolar foi muito importante, mas não acho que as dificuldades tenham sucumbido. Foi optimo ter sido construida uma Selecção, mas nessa altura ainda éra algo muito cru, apenas as Universitárias tinham acesso a esse desporto, nós crianças continuavamos um pouco afastadas disso, até porque o Futebol Americano ainda tinha um grande peso e os rapazes descriminavam-nos muito.
Sentiste-te descriminada por gostares de Futebol e o quereres jogar?
Até aos meus 9 anos nunca senti muito isso, porque todos brincavamos juntos, e eu sempre fui um pouco maria-rapaz por isso agradava-me jogar com rapazes, mas quando passei para a preparatória, as raparigas que gostavam realmente de futebol começaram a reivindicar os seus direitos iguais aos dos rapazes,e ai fomos bastantes descriminadas não só por Rapazes como por Raparigas.
De que forma vos descriminavam?
De várias formas, as crianças quando querem conseguem ser crueis com as outras.
Os rapazes deixaram de jogar connosco, puseram-nos completamente á parte do núcleo deles, não aceitavam meninas a jogar, mais tarde quando já éramos mais velhitos até diziam que gostavamos umas das outras e por isso queriamos jogar futebol para nos sentirmos homens(risos), as Raparigas não entendiam porque preferiamos jogar futebol, a falar de rapazes, e por isso punham-nos de parte.
Até que decidiram dar o "Grito de Liberdade…”
Sim decidimos mostrar que não éramos nenhumas meninas ricas e mimadas que só queriamos chamar a atenção, falámos com as nossa professora de Desporto que tambem nos apoiava e assim aconteceu o primeiro campeonato naquela escola deFutebol Feminino, e que para a altura teve uma grande afluência.
Então concordas que o Futebol nasceu de Meninas Ricas?
Não acho que tenha nascido literalmente, as Raparigas procuravam outros desportos do mesmo estilo mas que não fosse tão violento como o Futebol Americano, é obvio que quem tinha dinheiro podia alugar espaços para que as filhas pudessem praticar, e além disso na altura essa modalidade só se praticava em ensinos privados.Mas o verdadeiro Futebol Feminino a ní­vel de Competição começou a ser jogado por raparigas de classe média/baixa a partir do momento em que foi implementado nas escolas publicas.
Achas que éra a tentativa de mostrar que as Mulheres também são capazes dasmesmas coisas que os Homens, que levou a que o Futebol Feminino fosse tão procurado?
Talvez um pouco...acho que ouve uma procura de um desporto que se indetificasse connosco, e que testasse as nossas capacidades como Mulheres. Acho que as Mulheres se fartaram de ouvir que futebol éra só para Homens, além disso no nosso paí­s a tradição ditava que o Futebol éra para homens másculos e rijos e ter mulheres a jogar não de forma tão violenta,e a conseguir bons resultados deu uma chapada sem mão a muita gente.
Então na tua opinião não existe desporto para Homens e Mulheres?
O que eu acho é que não existe uma lei que diga, isto é para homens e isto é para mulheres, cada um faz o que mais gostar, claro que depois existem coisas mais viradas para a constituiçãoo de cada sexo.
Não acho que mulheres consigam jogar tão bem Futebol Americano como os homens, não porque não o saibam mas porque a sua constituição fisica é mais frágil, como acho por exemplo que a Natação Sincronizada nos homens será, certamente mais dificil devido á constituição mais pesada que têm.Não é o facto de não se conseguir, acho que as coisas têm de ser adptadas e foi isso que fizemos aqui, adptamos o Futebol ás nossas capacidades.
Uma ultima provocação para finalizar a conversa de hoje achas que aMentalidade, que as mulheres que jogam futebol são lésbica e masculinas ainda perdura?
Risos.....Tu és má...Hummmmm....acho que hoje em dia não, que os homens já se habituaram a ver as mulheres jogar.
Já existiu muito isso, e não quer dizer que não exista, mas eu nunca senti que punham s minhas orientações sexuais em causa por jogar futebol.
Quanto ao sermos masculinas não noto nem eu nem as minhas colegas a fazer necessidades em pé ou a ter barba(risos).Agora a sério, somos mulheres e agimos como tal, se calhar temos um corpo mais trabalhado por praticarmos exercicio, mas isso qualquer mulher que se cuide o têm, de resto somos normais, temos maridos/namorados.
Jogar Futebol Feminino não é sinónimo de homossexualidade ou vontade de virar homem, ate porque eu adoro ser mulher, é simplesmente gostar da modalidade.

Nos proximos dias publicarei o resto da entrevista.Boa Semana a todos

2ª Liga Honra

Jornada 22

Cada vez mais, as duas equipas mais sérias candidatas á subida no inicio da epoca, fazem jus a esse predicado.
O Paços Ferreira ja leva 7 pontos de avanço do 4º classificado, o primeiro dos q nao sobe. E o Estrela leva 5 pontos tambem de avanço, sendo q sao 1º e 2º classificados respectivamente.

Esta jornada confirmou-se algo q ja venho a dizer desde o inicio da epoca. O Alverca vai descer e apresenta o futebol mais fraco das 18 equipas da II Liga.
Este fim de semana na Amadora o Alverca começou a perder com o 1º remate á baliza no jogo, em 15 minutos ja perdia 2-0 e em 28 minutos acabou o jogo com o 3-0. Dai ate ao final foi a gestao do jogo, uma situaçao perfeitamente normal pq ganho ja estava, golear por golear nao vale a pena.

Ainda esta jornada, destaque para as zero vitorias fora e de se terem finalmente colocado nos 4 ultimos lugares as equipas q eu acho q vao discutir a descida, pq sao sem duvida as mais fracas do campeonato.
Tendo em conta q o Alverca ficará em ultimo, resta saber se o Sp. Espinho q é a equipa mais forte destas 4 nao descerá.

Desejos para o final do campeonato:
1º Que o Estrela suba
2º Que o Estrela seja campeao
3º Que as equipas que praticam anti-jogo desçam (Felgueiras)
4º Que a Naval tenha finalmente a prenda da subida pq jogam bem futebol ha ja varios anos e pq seria inedito na Figueira da Foz
5º Que suba uma Algarvia pelos adeptos que trazem ao futebol ( Esta epoca o derby Portimonense - Olhanense "so" teve 8.000 pessoas )
6º Que suba o Olhanense pq jogam melhor que os vizinhos de Portimao e sao raçudos
7º Que suba o Portimonense para trazer velhos fantasmas ao Pinto da Costa

Às moscas...

Esta época houve uma ligeira melhoria na média de espectadores da Superliga, mas continua a ser decepcionante ver um estadio do Restelo, ou o estádio do Leiria, ou o do Beira Mar, e a maioria dos estádios Portugueses completamente às moscas.

Vi a 2.ª parte do Belenenses-Porto, e gostei do jogo, foi um jogo entretido com bons jogadores de um lado e de outro, houve algumas oportunidades de golo, e emoção no resultado.
Em Leiria aconteceu o mesmo, tanto o Leiria como o Sporting demonstraram ter excelentes executantes, gostei bastante da forma como os jogadores do Leiria trocaram a bola na 1.ª parte, foi um jogo a que só faltaram os golos, porque de resto teve tudo o que um bom espectaculo precisa de ter.
Ambos os estádios onde estes 2 jogos se realizaram têm excelentes condições, e foram disputados a uma sexta feira e a um sábado à noite.
Em ambos os jogos foram intervenientes 2 das equipas com maior apoio popular em Portugal, e estamos a assistir a um dos campeonatos mais competitivos de sempre.
Muito sinceramente, ambos os jogos (apenas vi a 2.ª parte do Belenenses-Porto) pareceram-me de melhor qualidade que muitos jogos que já vi do campeonato Espanhol, Italiano ou Inglês.

Alguém me sabe explicar a razão porque estavam os 2 estádios com menos de meia casa?
O pior é que parece-me que perante esta situação os dirigentes assumem uma posição perfeitamente passiva, acham tudo isto completamente normal, e nada fazem para tentar alterar esta situação.
Será dos preços elevados? Será da falta de promoção dos jogos? Qual será o problema?
Será que custa muito tentar diminuir o preço dos bilhetes, nem que seja apenas para experimentar, valerá mais ao Leiria, ou ao Belenenses ter a mesma receita mas com um estádio cheio, ou ter a receita que tiveram com meia casa, ou nem isso? Com o estádio cheio o ambiente seria muito melhor, e haveria mais pessoas para gastar mais dinheiro com outros serviços prestados pelos clubes nos dias de jogo, por exemplo nas lojas do clube, nos restaurantes e bares, etc...
Uma pessoa pagando um bilhete mais barato, muitas vezes acabava por deixar o mesmo dinheiro no estádio, pois se em vez de pagar 20 Euros por um bilhete, pagasse 10 Euros, se calhar era capaz de gastar os outros 10 Euros numa lembrança qualquer na loja do clube, num cachecol, ou numa bandeira...

Agora temos bons estádios, temos um campeonato competitivo, temos bons jogadores em Portugal, na minha opnião temos bom futebol, outros dizem que não, mas isso acaba sempre por ser muito subjectivo, do que estão os dirigentes à espera para tentar promover o espectaculo e tentar encher os estadios?

Para terminar, este fim-de-semana assisti ao vivo a um jogo da 3.ª divisão nacional, Atlético do Cacém-Sintrense, e paguei 5 Euros para assistir ao jogo em pé (tive sorte que não choveu nem esteve muito frio), se eu quisesse assistir ao jogo sentado numa bancada pré fabricada, teria de pagar 8 Euros.
Para assistir a um filme no cinema, comodamente sentado numa sala com ar condicionado teria apenas de pagar 5 Euros...

Na minha opnião o futebol está completamente inflacionado...

Abraços e bons ataques!

domingo, fevereiro 20, 2005

Belenenses - FC Porto

Noite muito fria no Restelo, na passada 6ª feira. Se me dizem que o nosso Dragão é frio, que poderei eu dizer de estádios como aquele ou como o de Braga. Não me refiro ao de Alvalade, nem ao da Luz porque infelizmente os dirigentes dos 3 clubes grandes são o que são e quem acaba sempre por pagar são os verdadeiros adeptos dos clubes que querem sempre muito acompanhar as suas equipas, no entanto não têm bilhete para o fazer.
O referido jogo do Restelo foi igualmente gélido. A superioridade do FCP face ao seu opositor foi clara, no entanto, nunca se traduziu em oportunidades flagrantes de golo. Falta criatividade, imaginação e jogadores que, face a este deserto de ideias atacantes, se imponham de vez e tragam alguma magia para o relvado.
Com a entrada do José Couceiro o FCP ganhou até ao momento duas coisas fundamentais para uma base de sucesso. Ganhou mais e melhor ATITUDE dos seus profissionais e notam-se progressos claros ao nível TÁCTICO. Contudo, o futebol continua a ser muito morno e sem grande emoção. Os nortenhos dominaram claramente durente 80 minutos e justificaram o sofrido truiunfo. Nota positiva para IBSON que, ou muito me engano, ou é o brasileiro commelhores características para o nosso futebol, no entanto ainda não aguenta os 90 minutos e, por fim, mais uma palavra para o "velhinho" BAÍA, sem dúvida alguma o verdadeiro nº 1 de Portugal! Quando é preciso ele aparece!
O BELENENSES fez um jogo abaixo dos níveis que nos habituou. Foi uma equipa sem grande ambição e, pareceu muito receosa durante quase todo o jogo. Apenas e só, após a entrada de NECA os "azuis celeste" pareceram acreditar nas suas potencialidades e, em menos de 10 minutos, criaram duas situações perigosas para a baliza portista. Carlos Carvalhal não cumpriu com o prometido! Afinal a sua equipa, ao contrário do que disse o seu técnico antes da partida, foi uma equipa inofensiva. É a velha história: eles falam, falam...
Carlos Xistra teve um jogo muito fácil de dirigir. Os jogadores foram quase sempre correctos e não lhe causaram grandes problemas. Contudo, a sua actuação ficou marcada pela não marcação de uma g.p. contra o FCP, já perto do fim. No estádio, atrás da baliza de Baía, fiquei sem perceber o que estariam os jogadores do BELENENSES a protestar, chegando mesmo a pensar que teria sido um eventual atraso de bola do Ricardo Costa para o seu Guarda-Redes. Afinal, houve mesmo penalty por assinalar! Lourenço foi mesmo tocado, ao de leve é certo, mas foi! Logo a arbitragem até ali muito positiva do árbitro passou a ter uma nota francamente negativa, o que é pena.
No fim disto tudo é francamente muito engraçada a postura de muitos dos "profissionais" dos orgãos de comunicação social. Se antes deste jogo a justificação para o facto do FCP não conseguir vencer os seus jogos em casa era o facto de ter sido iniciado o processo "APITO DOURADO", ao ponto de muitas vezes o FCP ter vindo a ser muito prejudicado pelas arbitargens, as mesmas pessoas dizem agora que está tudo igual, etc... Por favor, PAREM COM ISSO! Já vimos que os árbitros erram, é indesmentível! Contudo, com a devida isenção, sabemos ver que todos têm razão de queixa. Ora uma semana é um, ora é outro. Está errado, no entanto é perfeitamente absurdo estarem constantemente a ter uma dualidade de critérios gritante aquando do julgamento dos diversos casos! É exactamente isso, que eu e toda a nação portista se queixa (com razão), no âmbito dos processos sumaríssimos! Merecem ser castigados, mas têm é de ser todos!

sábado, fevereiro 19, 2005

Vale do Romeiro

Sábado 14h20, pego no meu carro e faço os cerca de 50KM que separam a Covilhã de Castelo Branco, para ver o meu Académico de Viseu.

Para variar, chego já com o jogo a decorrer e enervo-me comigo próprio por não ter saído mais cedo de casa. No entanto quando vi aquelas camisolas negras que eu tanto amo tudo passou. Procuro ver se no Estádio estão adeptos da equipa de Viseu. Avisto a Brigada Negra e é para perto deles que vou, são cerca de quinze, talvez menos mas é bom ver que acreditam na nossa equipa.

Apesar do sol, pouco tempo depois, levo com um balde de àgua fria. A defesa do meu clube, que até hoje era a melhor da 2ªB Zona Centro, preocupa-se com toda a gente, excepto com o jogador que tem a bola e o remate, que tabela em alguém, só para no fundo da baliza do José Carlos. A equipa desorienta-se e acaba mesmo por sofrer o segundo golo num lance em que a nossa defesa, parecia saída da equipa de infantis. 2 a 0 para o Benfica de Castelo Branco.

A partir daí só deu Académico. Numa jogada na área Albicastrense, o guarda-redes não toca na bola e o jogador do Académico deixa ficar o pé e cai. Penalty duvidoso. Na conversão Hélder não perdoa, 2 a 1.

Gosto de ouvir o relato enquanto assisto a um jogo. Estava a sintonizar a Rádio Cova da Beira. Perto de mim um adepto da casa fazia o mesmo. O comentador dizia que o penalty tinha sido mal assinalado, eu até concordo, logo de seguida fala da ligação do empresário de jogadores, Jorge Manuel Mendes ao Académico de Viseu. Isto fez com que o tal adepto da casa chamasse o àrbitro de comprado para cima. Este energúmeno passou o resto do jogo a pressionar o fiscal de linha, com uma linguagem que não se deve usar quando, como era o caso, se tem crianças ao pé. Porque é que pessoas como estas insistem em ir ao futebol?!

Voltando ao jogo. O Académico veio para cima do BCB, após um remate de Álvaro ( fixem o nome dete jovem) à barra, Jairson aproveita, para no meio da confusão fazer o empate. 2 a 2 ao intervalo.

Veio a 2ª parte e o Académico em grande, só que as oportunidades iam sendo desperdiçadas. Numa dessas jogadas Jorginho vai à linha cruzar e Jairson na cara do guarda-redes, não acerta na bola. Inacreditável! Quem não marca sofre e após um pontapé de canto, a defesa do Académico fica a dormir e Hélder Monteiro faz o 3 a 2. O Académico fez tudo para chegar pelo menos ao empate, mas o guarda-redes albicastrense Alemão defendeu tudo o que havia para defender. Rui Bento, com apenas 3 jogadores no banco não podia fazer muito mais.

Resultado final: BCB 3 ACADÉMICO DE VISEU 2.
Ponto negativo- Porque é que a equipa do Académico não veio agradecer à sua claque o apoio?
Ponto positivo- terminado o jogo e no exterior do Estádio Vale do Romeiro, reparo que havia mais adeptos do Académico do que os que estavam junto à claque, no total deviamos ser uns 30. Com cerca de 200 pessoas a ver o jogo, dá uma média de 15% de academistas. Quantas equipas, nesta divisão se podem dar a esse luxo?!

Viva o futebol

Na semana que agora finda disputou-se a primeira mão dos jogos da UEFACUP, com o Sporting a receber os holandeses do feyennord e o benfica a ir até Krasnodar para jogar em campo neutro com uma equipa de Moscovo, o CSKA.
Sobre o Sporting - Feyennord, aquilo a que qualquer adepto de futebol assistiu foi a uma primeira parte do desafio jogado a um ritmo alucinante sobretudo pelo Sporting, que fez uma magnifica exibição recuperando dois golos em 30 minutos, frente a uma equipa perigossima em contra-ataque, já que é só a equipa com o ataque mais produtivo na Europa actualmente.
O Sporting começou muito bem o jogo com o Hugo Viana a "disparar" um tiro do maeio da rua que foi embater na barra da baliza holandesa e no seguimento da jogada os holandeses não poderiam ter meilhor resultado já que acabaram por marcar.
Resultado, aos seis minutos de jogo já os holandeses ganhavam por 1-0 frente a uma equipa que não iria ser pera doce (como de resto acabaram por perceber mais tarde).
O Sporting jogou muito bem a arbitragem deixou jogar e não foi em fitas durate toda a primeira parte do jogo.
No inicio da segunda parte já com 2-1 para o Sporting, verificou-se uma falta dentro da area dos holandeses, perto do arbitro assistente e quer este quer o arbitro "decidiram" não ver, e a partir daí foi um "ver se te avias" em materia de asneiras.
deve ter tomado qualquer coisa ao intervalo que lhe terá provocado azia no final (penso eu de que).
Seja como for,vitória da melhor equipa em campo, mesmo que o ritmo de jogo tem acalmado (era praticamente impossivel manter aquele ritmo o jogo todo) e jogando a ultima meia hora com menos um jogador.
O proximo jogo na Holanda,não vai ser facil mas espero que o Sporting vença já que se o forte da equipa holandesa é o ataque, parece-me que o ataque do sporting tambem não é nada para se deitar fora e em termos de equipa (conjunto) parece-me que o Sporting é melhor, isto é, vale mais no seu total.
desde que não joguem para defender o resultado, e joguem o jogo pelo jogo o Sporting vencerá a eliminatória.
sobre o CSKA-Benfica, prefiro não me pronunciar já que por um lado não vi a totalidade do jogo e por outro aquilo que vi foi tão mauzinho entre estas duas equipas que qualquer adepto que gosta de futebol fica mal disposto.
Parecia um jogo entre solteiros e casados. Por acaso para o CSKA até era um jogo de pré epoca mas para quem aspira tanto (L.F.Vieira dizia que dentro de 2/3 anos, que já lá vão teria a melhor equipa do mundo) até dá dó.
Para terminar, li a semana passada num jornal desportivo que Abramovich "deitava fora" por mês 2 milhões de contos.
Para um homem que tem tanto dinheiro parece que são trocados, não é?
Por outro lado fiquei já esta semana a saber que o Chelsea factura 200 milhões ao ano.
Para quem tem alguma dificuldade em perceber porque é que um homem deita fora dois milhões de contos por mês
aqui fica a solução do problema.
Um homem rico não deita fora dinheiro, porque não presisava de tanto trabalho para se desfazer do dinheiro, bastava queima-lo numa fogueira.
aquilo que o faz perder tanto dinheiro é o facto de ele ter proveniencias pouco claras e por outro lado receber em contrapartida 200 milhões "lavadinhos".
E parece que o sucesso é tanto e a impunidade tambem é tanta que o Homem já deixou de investir apenas no Chelsea para agora ter negocios espalhados por todo o Mundo do futebol.
Se não fosse o Abramovich o futebol estaria praticamente falido, por isso meus amigos
Dê-mos graças à exist~encia de gente como essa.
Benvindo sr. Abramovich ao Mundo do Futebol, ele está uma gracinha (como dizem os nossos irmãos brasileiros)
Saudações Desportivas (acho que esta saudação já está a ficar demodé)

quinta-feira, fevereiro 17, 2005

Mau de mais pra ser verdade

Foi realmente muito mau o que se passou hoje à tarde na Rússia. Uma equipa amorfa, sem ideias, sem um patrão, presa de movimentos. Assim certamente não honraram a memória do grande presidente João Santos recentemente falecido.
Ainda por cima o CSKA, fruto de estar no "seu" início de época é uma equipa sem ritmo, fraca, que se limita a defender. Não tenho dúvidas que podemos dar a volta na 2ª mão na Luz, mas voltámos a complicar o que seria fácil, e o problema começa logo no discurso do Sr. Trapattoni antes do jogo. Caro Sr., se seria mais fácil jogar na Rússia e estava mais preocupado com o jogo na Luz, como vai ser agora???....

quarta-feira, fevereiro 16, 2005

Porque será?

Olá a todos!
Embora tenha estado afastado destas andanças, e haja muito boa gente que possa pensar que ocorreu porque o Sporting perdeu (e bem! na Madeira),o que me terá deixado sem palavras, isso não corresponde à verdade.
A verdade é que para além de ter estado em exames semestrais, tive problemas no meu computador que me impediram de participar mais activamente neste blog.
Resolvidos os problemas, e mais uma jornada decorrida, o Sporting voltou mais uma vez à sua condição de lider (não importa para já quem é que vai em primeiro, no final é que se fazem as contas), própria da equipa que melhor futebol tem demonstrado ao longo do campeonato, muito embora tenha a "ombrear" na qualidade futebolistica um Sporting de Braga "renascido",para além dos já "eternos candidatos" (não era assim que se falava do Sporting à alguns anos atràs?)SLB,do actual campeão europeu FCP, e do clube do Major BFC.
No final da semana passada, saiu uma noticia no Publico em que dizia que para além das dividas dos clubes, no ambito do Totonegocio, existiam ainda dividas anteriores a 1996??? portanto não contempladas no "dito cujo", sendo o Sporting a equipa maior devedora.
Curiosamente o presidente do Sporting, diz desconhecer essa divida, o Belenenses tambem ele devedor de uma importancia simbolica diz o mesmo, e acrescenta aguardar a notificação da parte do Ministério das Finanças, já que pelos vistos até aos dias de hoje, isso nunca terá ocorrido. Estranho?!Não acham?????
Mais estranho ainda, pelo menos para mim, embora para aqueles que se apressaram a dar a noticia?? não tivesse sido, é o facto de um clube que durante a decada de 90, a mesma a que dizem respeito as dividas, se endividou a torto e a direito, com a compra de Paulo Futre, (isto é sabido por todos aqueles que seguem o futebol) e pasmem-se!!! não existe um centimo que seja de divida....Que lindo!!!!
É por causa destas e de outras coisas que eu amo este jogo!!! Ou como dizem os Americanos Y Love this Game!! Não é assim Spice???
Falando de coisas sérias, eu entendo ontem como hoje que TODOS OS CLUBES SEM EXCEPÇÃO devem cumprir as suas obrigações fiscais, e por isso como contribuinte deste País espero que o Ministério das Finanças faça chegar a todos os clubes devedores a respectiva notificação do pagamento das dividas em atraso, SEM EXCEPÇÕES.
Falando de futebol, que era aquilo que apenas nos devia motivar para deixarmos aqui expressas as nossas opiniões, o jogo com o Rio Ave, correu muito melhor do que aquilo que qualquer adepto esperava, o Rio Ave apenas tinha perdido esta epoca por tres vezes, e nenhuma delas com os tres grandes, o Sporting para alem de ter jogado nos primeiros quarenta e cinco minutos teve aquilo que nos ultimos jogos vinha faltando, um pouquinho de sorte.
tinha sido assim no Nacional da Madeira, na Luz, com o Vitoria de Setubal, e muiuto embora em termos de produção de jogo no Maritimo tenha ficado muito aquém daquilo que era esperado tambem aí não houve sorte.
Finalmente no jogo com o Rio Ave, a estrelinha voltou aquela que tem sido a equipa que tem praticado melhor futebol.
Para este fim de semana, já tenho alguma apreensão sobre como vai ser em Leiria. Tradicionalmente é um campo dificil, e o Sporting na frente incomoda muita gente sobretudo se os mais directos adversarios tem jogos complicados, como o Porto em belem e o Benfica com o Guimarães, por isso, nada melhor do que NOMEAR, ATENÇÃO, não foi SORTEADO, o senhor PAIXÃO.
Esta situação só vem ao encontro da TAL CREDIBILIDADE que se quer que haja, mas que não pode ser nada, não é?
O senhor PAIXÂO não deveria sequer arbitrar, quanto mais estar a apitar jogos da Superliga.
A quem interessa esta descredibilização do futebol????
Não existia ninguém piorzinho para ir apitar em leiria?????
Saudações VERDADEIRAMENTE Desportivas

PS- Logo à noite grande jogo em perspectiva entre duas equipas que praticam futebol ofensivo, embora não acompanhe o futebol holandes regularmente, penso que o Sporting é mais equipa, e por isso espero uma exibição de grande nivel da minha equipa e que possa assegurar a passagem à proxima fase da UEFA CUP.

terça-feira, fevereiro 15, 2005

Educação X Investimento - Debate de fim de semana

Estive á conversa este fim de semana com uma jogadora do clube feminino New York Power de seu nome Jaclyn Raveia, que me elucidou sobre a forma como o futebol feminino é encarado aqui nos EUA, e a maneira como se conseguiu transformar um desporto apenas praticado por algumas meninas num estrondoso bum, que catapultou esta modalidade para nº1 em todo mundo.
Confesso que quando começei a conversa foi no intuito de poder conseguir material para escrever no blog, aliás até a informei de tal e não estava nada á espera que este assunto se fosse tornar tão bem discutido não só por nós as duas, como para meu espanto pelos senhores que nos rodeavam e que falavam tão orgulhosos desta modalidade que por momentos pensei que a realidade vivida no meu pais éra ficticia, mas rapidamente o meu empolgamento caiu por terra quando um colega me perguntou: E em Portugal como é o futebol feminino?
Ai sem dúvida voltei á realidade……aquela que defendo e sempre defendi….
Mas voltando á conversa, perguntei á Jaclyn como é que uma modalidade jogada apenas por algumas raparigas e sem grande interesse e divulgação(exactamente como em Portugal) se transformou na grandiosidade dos dias de hoje, ao qual ele me respondeu e cito as suas palavras “ foi muito dificil conseguirmos chegar onde estamos hoje, não só porque o futebol sempre foi visto como desporto masculino, principalmente aqui que temos uma grande força nesse desporto com o futebol americano. Tivemos de suar bastante e fazer ver que valia apena, mas sem duvida nenhuma se não fosse o sistema educacional a apostar numa nova modalidade os EUA não estariam onde estão hoje….é bom saber que as escolas apoiam as raparigas no desprto principalmente porque estamos num pais cada vez mais violento e todas as iniciativas para ocupar os jovens são bem vindas, nesse aspecto tenho orgulho do meu pais”
Terminado esta explicação começamos todos a debater o que se pode fazer para o desenvolvimento de uma modalidade, e todos achámos que para se desenvolver algo têm de haver o mínimo de qualidade, mas que também, e cito o que um amigo Peter Wilson disse “ claro que é preciso haver qualidade, mas tambem não se pode esperar qualidade se não houverem condições para que tal aconteça, não se pode esperar boa fruta se não cuidarmos como deve ser da arvore e lhe dermos as condições para que cresça…..acredito que o EUA não fizeram nada de mais nem gastaram assim tanto para rentabilizar a modalidade, somente apostaram no futuro - os jovens e a sua educação”
Depois desta argumentação sinceramente calei-me….não sei talvez por ter consciencia que aquilo que defendo, os ideais que podem tornar o futebol feminino praticável e de boa qualidade são defendidos fora da minha patria…..e que no meu pais as pessoas desculpam-se dizendo que não é rentável……COMO SABEM QUE NÃO É RENTÁVEL SE SIMPLESMENTE NÃO DÃO O MINIMO DE CONDIÇÕES PARA QUE SE PROVE O CONTRÁRIO?
É OBVIO QUE SE NÃO HÁ CONDIÇÕES, SE NÃO SE VÊ UMA LUZ AO FUNDO DO TUNEL, A DESMOTIVAÇÃO TOMA CONTA DAS PESSOAS, E SECALHAR POR ISSO, POR VEREM QUE NINGUEM LIGA PATAVINA PARA O QUE FAZEM É QUE AS NOSSAS JOGADORAS E AS MULHERES QUE GOSTAM DE FUTEBOL NÃO SE EMPENHAM, PORQUE SIMPLESMENTE NINGUÉM LIGA….
Foi uma conversa agradavel, muitas mais coisas foram debatidas e que terei o prazer de ir colocando aqui no post para elucidar um pouco mais sobre o que por aqui se passa, e apesar de não ir revolucionar a mentalidade em relação á modalidade,tenho a certeza que a diferença já é marcada e os ideais defendidos.
Boa Semana a Todos

Europeu de futsal

Volto a falar de futsal, e infelizmente pelas piores razões.
Portugal perdeu hoje com a espanha por 3-1, depois de já ter perdido com a Italia por 8-3, e disse adeus ao Europeu da modalidade que se disputa na Républica Checa.
Já começo a ficar farto daquele discurso tipico dos coitadinhos e das vitórias morais, estou farto de ouvir dizer que se trabalha bem em Portugal e mais ano menos ano os titulos vão aparecer. Está a demorar tempo demais, Portugal nem às meias finais de uma grande competição consegue chegar, exceptuando o Mundial da Guatemala em 2000.
É certo que ficamos num grupo dificil, com os campeões da Europa e do Mundo, e que 3 jogadores importantes na selecção não puderam participar neste Europeu (Pedro Costa, Arnaldo e Ricardinho), mas julgo que está na altura de se exigirem responsabilidades pelos fracassos atrás de fracassos!
O Benfica no ano passado jogou de igual para igual com melhor equipa do mundo, perdeu 4-1 em Espanha e ganhou 4-3 em Lisboa, sagrou-se vice campeão europeu, o Sporting este ano está apurado para a fase de grupos da UEFA futsal cup, eliminou o campeão Checo na Républica Checa...
A nível de clubes obtêm-se bons resultados, o que se passa com a selecção???
Estamos a falar de uma selecção profissional, já não são nenhuns amadores...
Continuo sem perceber a utilidade de 2 Brasileiros que nunca jogaram em Portugal se terem naturalizado para jogar pela selecção, para além de não serem jogadores fora de série, é injusto para os Portugueses...
Exigam-se responsabilidades pelo fracasso, chega de desculpas!!!!

Faleceu João Santos

Infelizmente a família benfiquista continua de luto. Depois de Cavém, depois de Francisco Calado, foi hoje o dia em que nos deixou João Santos, ex-presidente do Benfica. Durante os seus mandatos o Benfica esteve presente nas finais da Taça dos Clubes Campeões Europeus, em 1988 na cidade alemã de Estugarda, e em 1990, em Viena, frente ao AC Milan. Era bom que para honrar esta grande figura o Benfica vencesse na Rússia para lhe dedicar o triunfo.
Em nome pessoal e do Futebol de Ataque, envio as minhas condolências a toda a família, manifestando a minha estima pelo excelente contributo deste grande Sr. na nossa instituição.

segunda-feira, fevereiro 14, 2005

E o calor continua...

No seguimento do meu último post, isto está a aquecer que é uma coisa louca... Deve ser da falta de chuva. No entanto agora é por bons motivos. Onde é que já se viu 4 equipas igualadas em 1º lugar à 21ª jornada e o 5º classificado a apenas 1 ponto.
No que respeita à jornada, vi alguns e mais uma vez bons jogos, o que me apraz registar. Excelente o Braga-Benfica, com apenas um problema: não houve golos. Mas ao nível da intensidade, do jogo em si, do ambiente, foi um verdadeiro grande jogo. Gostei muito da atitude dos jogadores do Benfica que tudo fizeram para trazer os 3 pontos apesar das grandes dificuldades que a equipa do Braga criou. Com esta atitude tudo é possível.
Um grande Sporting (a equipa dos 8 ao 80), que marcou nos primeiros 4 remates que fez à baliza. Grande eficácia!... De qualquer forma foi um jogo agradável.
O Porto-Guimarães para mim foi o pior dos jogos a que assisti este jornada. O FCP continua sem ideias, sem fio de jogo, sem nada... é para mim neste momento a equipa da frente que se apresenta pior. Em 11 jogos em casa apenas 4 vitórias... Espero que assim continue depois do próximo jogo que fizeram no Dragão... :-)
Cuidado com este Boavista. Lembrem-se que além de estar na frente ainda recebem todos os seus adversários directos no Bessa... Já vi este filme antes...
Por fim uma palavra para um excelente jogo que tive oportunidade de ver ontem à tarde: o Penafiel-Leiria. Apesar dos jogadores da União terem "envergonhado" o Vítor Pontes, temos de dar muito mérito à forma como o Penafiel de apresentou. Jogar com Wesley ou sem Wesley faz toda a diferença. Duvido que continue em Penafiel no próximo ano... Parabéns Pena!...

Como nota final, só espero que este campeonato continue com esta intensidade... Excelente!

sexta-feira, fevereiro 11, 2005

A aquecer!...

Talvez pelo facto de estarmos perante uma campanha eleitoral bastante acalorada, tal facto estendeu-se ao clima do futebol nacional, colhendo todos com relativa surpresa. Sim, porque até já nos costumávamos a habituar a alguma paz (se calhar podre), uma vez que não havia grandes provocações nos jornais, nem no final dos jogos, quer por erros de arbitragem, quer por castigos.
Eis que após os famosos "sumaríssimos" ao jogadores do FC Porto o caldo entornou. Vou dar a minha opinião sobre tudo isto:
- Em primeiro lugar acho justíssimo que qualquer jogador, seja de que clube for, seja castigado por actos inqualificáveis entre companheiros de profissão. Mesmo que se corra o risco de nem sempre se ser justo pois há transmissões televisivas que não conseguem apanhar certos casos. Mas nos casos em que existe evidência os mesmos devem ser punidos.
- Nenhum dirigente desportivo tem legitimidade para vir defender um jogador quando este agride um colega.
- As instâncias da Liga e da Federação são há muitos anos do pior que existe no futebol português, a par dos dirigentes dos clubes.
- Os recursos, os prazos, etc, etc, são das situações mais ridículas que existem no futebol, ao nível mundial.

Posto isto, tenho a dizer que concordo que o Sr. MCarthy seja suspenso por 3 jogos (se calhar deveria ter levado mais por ser reincidente), que o Fabiano fosse punido, que o Seitaridis também o seja, que o Petit o tivesse sido, que o Rochemback também. Concordo inteiramente que houve casos em que a disciplina foi mal aplicada. O que não concordo é que se tente colar um erro com outro erro, ou seja, por os jogadores não terem sido punidos agora o McCarthy era ilibado do soco que deu ao Danilo da Académica????... Era só o que faltava.
A par disto tudo, agora a SAD azul e branca decretou black-out, uma das famosas medidas que o clube sempre toma em situações destas. Talvez por vergonha de algumas afirmações que o Sr. Pinto da Costa vem proferindo e assim evitem que se digam mais asneiras. Sabem quem é que perde mais com o black-out? São os próprios adeptos do FCP, uma vez que a mim tanto se me dá se não se sabem informações do clube. A mim e a todos os adeptos de outros clubes.
Só espero que os dirigentes tanto do Porto como do Benfica comecem a ganhar juízo antes do derby do Dragão. Vem aí um grande jogo, entre dois claros candidatos ao título (para mim os principais) e que desperta ódios entre os adeptos. Um clima de crispação em nada ajuda o futebol.

À margem de tudo isto, aproxima-se provavelmente a jornada mais quente dos últimos tempos (o título é mesmo adequado). Algum apostador afoito poderá ter certezas em algum dos jogos???... O Benfica desloca-se a Braga, onde terá de demonstrar se é mesmo candidato ao título ou se mais vale esquecer e dedicarem-se ao voleibol; O Porto tem um difícil teste em casa (só ainda ganhou 4 em 10 jogos!) frente ao Guimarães, antes de se deslocar a Belém...; o Sporting recebe uma das equipas que melhor futebol joga na Superliga, o Rio Ave; O Boavista recebe um Marítimo moralizado pela goleada imposta aos leões nos Barreiros. Alguém arrisca um prognóstico??...

Bom fim de semana!

quarta-feira, fevereiro 09, 2005

Um pouco de História

O futebol feminino nos Estados Unidos não tem o seu sucesso fundamentado na popularidade desta modalidade desportiva dentro dos imigrantes latinos ou europeus, onde o futebol masculino encontra raízes naquele País. Praticado em maioria por raparigas, das camadas mais ricas da população, o futebol feminino do País Bi-Campeão do Mundo encontra a sua base principal dentro do sistema educacional dos EUA, seja ele publico ou privado, fazendo com que este desporto chegasse ás camadas média e baixa da população americana dando hipotese a todas as raparigas que quisessem poderem praticar este desporto em vez de ficarem com tempos livres mortos.
Preocupados com a valorização do conceito de trabalho em equipa pelos estudantes, que abusavam da procura de interesses individuais no dia a dia das escolas, os professores norte-americanos passaram a incentivar a prática do desporto e outras actividades colectivas. O objetivo era demonstrar aos adolescentes que o trabalho em equipa era capaz de gerar resultados positivos para todos, desde que cada um contribuísse com uma parte do esforço necessário para a obtenção dos resultados pretendidos pela equipa como um todo.
Depois de perceberem que tinham no seu sistema educativo um enorme apoio para a pratica desportiva que mais lhes agradasse as mulheres e raparigas começaram a tomar as suas decisões em relação ao desporto a seguir,assim fartas do Softball e com com medo da violência do futebol americano, as mulheres encontraram no futebol tradicional a modalidade desportiva mais atraente para o programa escolar. Iniciado ainda na década de 70, o programa de futebol feminino dos Estados Unidos permaneceu restrito ao campo educacional até 1985, quando pela primeira vez foi formada uma Seleção nacional no país, reunindo a elite das atletas Universitárias.
A craque Michele Akers, capitã dos Estados Unidos no Mundial de 99, estava dentro as pioneiras da primeira Seleção formada no país, e marcou o primeiro golo da história da Seleção feminina dos Estados Unidos no dia 18 de agosto de 1985, num empate por 2 X 2 diante da Dinamarca.
Assim sendo vemos que quando há vontade não é muito dificil tomar atitudes em busca de inovações de cariz desportivo para as mulheres, com uma simples aposta no campo educacional os EUA têm hoje uma das melhores Selecções do mundo, ao contrário do nosso pais que continua com uma mentalidade tacanha neste aspecto.

Um pouco de Guiness e acima de tudo desportivismo...

Estive ausente nos últimos dias aqui neste nosso cantinho e pelo facto peço desculpa. Não foi no entanto por o meu clube perder (até porque ganhou), mas apenas porque fui passar este fim de semana carnavalesco num país onde nem há Carnaval... :-)
Como podem constatar através do título fui até Dublin e à Irlanda, conhecer a cidade, suas gentes e seus costumes. Povo simpático, afável, com uma paixão louca pelo desporto, principalmente pelo rugby e um pouco por futebol. A maioria dos irlandeses, em Dublin, espalham-se pelos mais de 1.200 pubs aí existentes para assistir via TV aos jogos de rugby ou de futebol que são transmitidos. Findo o jogo, quer a sua equipa ganhe, quer perca, pedem mais uma Guiness, para festejar (ou não). Espero que isto represente tudo aquilo que faz do desporto uma actividade amada por tanta gente. Quando a um irlandês dissemos no passado sábado que Portugal iria ganhar por 3-0 na quarta-feira seguinte, ele respondeu com um simples: "se forem superiores, estarei aqui para vos dar os parabéns. E é natural que assim seja." Penso que esta forma de abordar as coisas mostra tudo.

Por fim, apenas uma provocação para o nosso amigo Tó: então esta semana não há comentário ao jogo do Sporting???... É que 3-0 acho que nem com a arbitragem há desculpa... :-)

Um abraço pra todos e que Portugal hoje vença e convença!...

Entrudo e entradas com tudo!

Na primeira festa global do ano, mais modificações no topo da superliga, como já está a ser costume!
FCP ascende mais uma vez a 1º, fruto de uma vitória suada frente ao Estoril. Noutros tempos, este campo era de muito má recordação para o FCP, dividido entre empates e derrotas maioritáriamente. Pois bem, muitos anos depois e fruto de uma primeira parte muito trabalhada, com alguma inspiração e felicidade nos golos, o FCP construiu o resultado que lhe permitiu vencer um jogo importante para os jogadores, treinadores, sócios e adeptos, que espero que seja motivadora e galvanizadora para o futuro. De salientar que o FCP entrou a pressionar, a criar desiquilibrios, a lateralizar o jogo e a dominá-lo claramente, e tudo isto com um brasileiro, um sul africano, um grego e o resto portugueses. O FCP e a sua última política de contratações não me agradou, mas provávelmente ficou aqui um sinal para todos os jogadores se cuidarem e trabalharem, porque há quem ganhe menos, esteja há mais tempo no clube, sinta o clube de outra forma, não seja estrangeiro, mas tem igualmente valor para jogar e fazer parte de uma equipa que se quer ganhadora. De realçar o bom regresso de Nuno Valente, faltando apenas atingir mais ritmo e mais velocidade. Nas "barbas" ou bigode neste caso, de Scolari, fica também por enaltecer a excelente exibição de Vitor Baía, que com um trio de excelentes defesas conseguiu manter a resultado favorável. Como chamou Ricardo Costa à pressa, era uma boa altura para repor a verdade dos factos e chamar o guarda redes do FCP, mas como todos sabemos está proibido pela federação, e pelo maior "tachista" do futebol português e que é o presidente daquela instituição pública. Sr. Scolari, não minta mais e diga de uma vez por todas por que razão não o convoca, só assim acaba com a indignação da injustiça e ajuda a que o presidente da FPF vá para o sítio que merece, a rua!
Relativamente a outros jogos, e do pouco que vi, fiquei com a ideia que o Braga devería ter feito mais para manter a liderança, o Boavista ganhou um ponto em Setúbal, a Académica vai para a liga de honra e o Manuel Vingada vai para o Zamalek ou outro clube com o nome tão esquisito quanto longínquo, o sporting, para quem reclama que é a equipa a jogar melhor futebol devería retratar-se nestas exibições. Boa vitória do Nacional, do Leiria frente ao Belenenses e do Rio Ave frente ao Penafiel. Luís Campos recebe mais uma derrota, desta feita contra a equipa do clube cuja direcção foi inteligente, e anteviu que podería acontecer-lhes o que este treinador vai fazer ao Beira-Mar se lá permanecer, ou seja, mandá-lo para a liga de honra.
As últimas palavras deste meu comentário vão para os castigos a McCarthy e a Pedro Emanuel. Pedro Emanuel é um jogador que jogava muito duro e que fazia muitas faltas no Boavista. Quando se transferiu para o FCP penso que melhorou bastante, mas este ano está a descambar outra vez. Não o desculpando de nada, eu gostaría que alguém me dissesse quais são os lances em que os jogadores ao disputar a bola de cabeça não levantam os cotovelos. Se a intenção era atingir o adversário, e provavélmente foi, não o discuto, o castigo é bem aplicado e até pecará por escasso, mas a conclusão que eu tiro disto, é que mesmo que não haja intenção, estes lances são sempre disputados da mesma maneira, abrindo assim mais um precedente.
Relativamente ao McCharty, já aqui disse tudo o que pensava em comentários anteriores, só tenho pena, fico triste e desconfiado, quando um ineficaz grupo de juízes julga este caso com 3 semanas de atraso, e lhe dê uma pena que o impossibilita de jogar e quiçá repetir o estrondoso golo que marcou na 1ª volta contra o Benfica. São casos recorrentes a mais, convenhamos, e que têm ajudado só um clube. Foi o Jorge Costa quando foi castigado a par de Costinha e Maniche que também não pôde defrontar o Benfica, foi o Jardel no Sporting aquando mostrou a publicidade, agora este castigo!
Em suma, eu digo peremptóriamente que os castigos são correctos ou até escassos, agora digo da mesma forma que é escolhida criteriosamente a data para a execução dos mesmos, e o país assiste impávido e sereno por motivos de vendas de jornais ou protagonismo televisivo.
A equipa do FCP tem-se portado muito mal disciplinarmente, mas dizer que neste último jogo o Seitaridis agrediu o adversário, é próprio de quem nunca jogou futebol e que não se apercebe que é um lance normalíssimo de acontecer. Se jogou futebol, é porque era guarda-redes. Vejam na repetição a atitude do próprio Seitaridis quando tomou conta que atingiu o adversário.
Para quem está a pensar: "pois é, o FCP até joga mal, o Benfica tem marcado muitos golos e ganho, está na frente do campeonato a par do FCP e estes já estão com medo", desenganem-se, eu confio que o FCP só tem a melhorar, ao contrário dos outros candidatos, mesmo estando em primeiro. Mas para esses eu também digo: "Há jogadores do Braga que não vão poder defrontar o Benfica e um deles foi expulso depois do jogo ter acabado".
Saudações

terça-feira, fevereiro 08, 2005

22ª Jornada - II B Zona Centro e não só!

Vilafranquense 0 Oliveira do Bairro 1 - Depois da vitória dos Ribatejanos na jornada passada em Estarreja, pensei que ganhassem novo alento mas voltaram novamente as derrotas e tudo indica que na próxima época vão jogar na III Divisão. O Oliveira do Bairro continua a fazer um bom campeonato.
Caldas 1 Sp. Pombal 0 - Os leões de Pombal continuam a perder terreno, o Caldas tenta fugir desesperadamente aos lugares de descida.
Penalva do Castelo 2 Estarreja 0 - A equipa da A.F. Viseu continua a perseguir o sonho da manutenção e aumenta para 6 pontos o avanço sobre a linha de água. Na próxima jornada tem um difícil teste em Mafra, mas já provaram que podem fazer bons jogos fora de casa. O Estarreja afunda-se.
Fátima 1 Oliveirense 0 - Golo de Gisvi, antigo jogador do Sporting B. O Fátima continua com a subida em mente, a Oliveirense continua a lutar arduamente pela manutenção.
B.C. Branco 0 O. Hospital 0 - Mais um pontinho para o O. do Hospital na sua fuga à descida. Os albicastrenses, antes do derby da Beira Baixa, continua com o seu campeonato tranquilo.
Tourizense 2 Pampilhosa 0 - A equipa de Touriz é, na minha opinião, a grande candidata à subida de divisão, está apenas a 1 ponto do líder, com um jogo a menos, e continua a fazer uma prova muito regular. O Pampilhosa continua aflito.
Esmoriz 3 Sp. Covilhã 2 - Os serranos que, na minha opinião, foi a equipa que melhor se reforçou na rebertura do mercado, venciam por 2 a 0 aos 86 (!) minutos de jogo e acabaram por perder por 3-2! Mau demais para um candidato. E para a semana hà o Sporting - Benfica da Beira Baixa!
Mafra 0 Torreense 0 - O Mafra continua na frente, apesar de não se considerarem candidatos. Perdeu terreno para o Tourizense. O Torreense agora sem José Rachão, continua a alimentar o sonho de subida.
Abrantes 0 ACADÉMICO VISEU 0 - Não vi o jogo, mas rezam as crónicas que o Académico fez uma exclente exibição e que o jogo apenas teve a direcção da baliza abrantina. Sendo assim a grande novidade foi a exibição, uma vez que as oportunidades falhadas já vem de jogos anteriores. Continuamos a ser a defesa menos batida deste campeonato. Na reabertura do mercado, fomos impedidos de inscrever jogadores, por causa de uma dívida antiga, e por isso só podemos pedir a estes jogadores que honrem a camisola que têm vestida.

III DIVISÃO - SÉRIE B
CINFÃES 2 Pedrouços 0 - Foi a única equipa da A.F.Viseu a militar na 3ª Nacional a conseguir a vitória. Estão em 4º lugar a 7 pontos da subida. É para subir?

III DIVISÃO - SÉRIE C
S.J. Ver 2 SANTACOMBADENSE 0 - 17º lugar, 3 pontos abaixo da linha de água. Não desistam!
Milheiroense 1 CASTRO DAIRE 1 - Ponto muito importante! 16º lugar, a 2 pontos da salvação.
Águeda 2 SÁTÃO 0 - Depois da ameaça de greve... a derrota! 10º lugar com 5 pontos de avanço sobre a linha de descida. Paguem aos homens!
LAMAS 1 Cesarense 1 - Excelente campeonato como o 4º lugar indica!
Gafanha 1 NELAS 0 - O líder já com o ex- academista Rui Lage ( espero que regresses na próxima época) perdeu. Foi apenas um acidente de percurso, pois estão com 10 pontos de avanço.

Boa semana e bons ataques!