domingo, julho 31, 2005

Rio Ave: Direcção e António Sousa decidiram destino dos jogadores provenientes das camadas jovens



O jovem extremo Nandinho, natural da freguesia de Bagunte, Vila do Conde, e meu amigo de longa data, já não é jogador do rio ave. Nandinho foi formado nas escolas Rio Ave, sendo um atleta no qual os adeptos do rio ave tinham grandes esperanças. Passou a época passada emprestado ao Valenciano durante meia temporada, e ao Velense (São Jorge, Açores) na restante época de 2004/05. Não fazendo parte dos planos de António Sousa para esta temporada, o jogador decidiu acordar a rescisão com a Direcção, o que lhe foi acedido.
Pelo contrário, os colegas Paulo Cunha (Mirandela), Pedrinho Coentrão e Ricardo Palmeira (Atlético Valdevez), Gualter Ferreira, Abílio e Antero (Vinhais) e Flávio Moreira de Sá (Maia), continuam a integrar o lote de promessas 'verde-brancas' que este ano irão rodar em clubes de menor dimensão para acumularem experiência e, um dia, quem sabe, juntarem-se ao plantel principal do Rio Ave.
Para todos estes meus amigos de longa data, e companheiros de equipa, desejo boa sorte e espero que realizem uma grande época, para assim na próxima época poder vê-los novamente com camisola do nosso rio ave.


Nota de destaque para o facto de finalmente(!!) a direcção do rio ave ter acertado na rumo a tomar pelo clube, que passa indiscutivelmente pela formação, sendo que pela primeira vez na sua historia, o plantel do rio ave irá possuir 7 jogadores formados nas camadas jovens. Os meus sinceros parabéns!!

O vento levou tudo…



Ontem, apenas de só se falar do jogo Guimarães – Benfica, foi o dia de apresentação do Belenenses frente a uma equipa belga, de seu nome Standard de Liége, que na época 2004/2005 terminou o campeonato em 3º lugar. O jogo teve inicio às 20:30, as bancadas estavam despidas de pessoas e fazia-se sentir um vento que até fez “voar” uns placards metálicos de publicidade… O jogo foi em si, foi bem disputado, sob um enorme vento que se fazia sentir no Restelo que não ajudou ao espectáculo… O Belenenses na 1ª parte esteve melhor, enviando uma bola à trave da baliza do Standard de Liége através de um potentíssimo remate de Amaral.


Silas também teve uma oportunidade para marcar, mas o guarda-redes Runje efectuou uma bela defesa negando o golo à equipa da casa. E assim se foi decorrendo o 1º tempo sem grandes oportunidades de ambas as partes e que terminou num 0-0. No 2º tempo, o Belenenses entrou em campo com uma equipa, praticamente nova, fruto das substituições operadas por Carlos Carvalhal, no entanto o Standard de Liége chega ao golo por intermédio do jogador Garbini e partir desse momento a festa de apresentação começava a ir por água abaixo, nem a expulsão de Onyewu, por palavras dirigidas ao árbitro, “ajudou” a que o resultado fosse outro… Contudo, o Belenenses deixa no ar que tem uma equipa inteligente a defender e muito combativa no ataque, faltando apenas “afinar” o último passe… Veremos o que nos reserva os próximos jogos particulares…

sábado, julho 30, 2005

FC Vizela 0-0 Rio Ave - Sousa ainda sem vencer na pré-época



O Rio Ave empatou ontem à tarde com o Vizela, a zero bolas, numa partida disputada em Vizela, e ainda não foi desta que António Sousa conseguiu a primeira vitória em jogos-treino. Depois de duas derrotas, frente ao Feirense e Varzim, desta vez não foi além de um empate no terreno do Vizela.
O Vizela é um recém promovido à Liga de Honra, e orientado pelo experiente Carlos Garcia. Para este jogo não pode contar com alguns jogadores, entre os quais o médio Nuno Cavaleiro, todos eles lesionados.
Por sua vez, António Sousa, não pôde contar com Evandro e Tiago Carvalho, lesionados.
O Rio ave conseguiu estar melhor do que a equipa da Liga de Honra que, a espaços, deu até uma boa réplica. O Rio Ave deixou cair o 4x3x3 e apresentou em Vizela um modelo assente no 4x4x2, que em minha opinião assenta melhor nesta equipa com os reforços que chegaram. Fico à espera para ver se António Sousa tem a mesma opinião que eu...


O rio ave embora capaz de trocar bem a bola, não conseguiu definição no ataque. A entrada de Agostinho no segundo tempo ajudou a melhorar mas sem resultados práticos. Nota de destaque para o regresso do capitão Mozer aos relvados, a estreia de Keita (mostrou ser um avançado muito possante), e também para o jovem jogador Fábio Coentrão (17 anos) que continua a realizar uma excelente pré-epoca e a prometer bastante. Fixem este nome..
Assim, António Sousa tem ainda muito trabalho pela frente, para conseguir por o rio ave a praticar um futebol à altura do que tem feito nas últimas épocas, e poder assim conseguir atingir a manutenção.

Fumo branco... ou não!



Finalmente uma decisão! O Académico de Viseu resolveu a crise directiva e tem uma Comissão Administrativa com funções até ao fim do ano. A crise financeira essa mantém-se e o clube continua sem poder inscrever jogadores, tendo a comissão entre mãos o "caso Paulo Ricardo" que é dos mais complicados, foi feita uma nova proposta ao ex jogador e espera-se que seja aceite para o plantel ganhar forma, se o acordo não tiver sucesso a hipótese extinção ganhará novamente forma.
A nova administração tem como objectivo colocar o Académico o mais rapidamente possível na Superliga mas, na minha opinião, seria melhor pensarem primeiro em fazer com que os viseenses voltassem a acreditar na equipa. Na última época que estivemos na I divisão a turma academista era a seguir aos 3 grandes a que mais assistência tinha em casa é esse o espírito que se quer de novo, neste momento são 900 os sócios e há que multiplicar este número.
Em Viseu para algumas pessoas está na moda dizer mal do clube, a esses apenas lhes posso dizer: Tenho pena de vós!

Futsal: Rio Ave ainda desconhece onde vai jogar



Como é sabido, a secção de Futsal do Rio Ave F.C. continua sem saber onde se vão realizar os jogos da temporada que se avizinha, sendo que é a época de estreia na primeira divisão.
O Pavilhão Municipal de Desportos, no centro da cidade de Vila do Conde, continua a ser o local desejado pelos responsáveis do Rio Ave para a realização dos jogos caseiros, na época de estreia na primeira divisão, mas os pareceres técnicos pedidos pela Câmara Municipal acerca da capacidade do piso para receber jogos de futsal ainda não chegou às mãos do presidente Mário Almeida.
Assim, os vila-condenses em geral e adeptos do rio ave continuam sem saber onde poderão assistir aos encontros caseiros do rio ave, sendo que ninguém conseguiu ainda muito bem perceber porque é que o pavilhão tem condições para receber jogos de voleibol e basquetebol (com jogadores “de elevado porte”!!), entre muitos outros desportos que lá se praticam, e não pode receber jogos de futsal, segundo os responsáveis por “risco de danificação do piso do pavilhão”… incompreensível realmente…
Entretanto o Pavilhão da Escola EB 2/3 do Mindelo, apesar das fracas condições que apresenta, e, por exemplo, não poder receber jogos com transmissão televisiva, mantém-se como alternativa.

sexta-feira, julho 29, 2005

Futebol não é para as mulheres!!!!!



Futebol não é para as mulheres!!!
Pois é, parece uma frase do século passado, cheia de preconceitos, desigualdade e do mais puro machismo. Quando ouvimos um comentário do género, pensamos certamente que estamos a fazer uma viagem no tempo.
Mas infelizmente, e digo isto com muita tristeza, as mulheres ainda são alvo de muitas injustiças e desigualdades. Talvez já não seja normal e nem usual ouvir falar destas histórias todos os dias. Por isso, não me posso calar, nem deixar de mostrar ao mundo que ainda existem pessoas capazes de cometer as maiores injustiças.
Como já devem ter reparado, existe alguma mágoa e descontentamento nas palavras que aqui escrevo. È verdade!!! É um sentimento geral, presente em toda a Equipa Sénior de Futsal Feminino da Fundação Cebi, pois sem qualquer explicação e motivo aparente foi extinta. Algo que nos deixou verdadeiramente em choque e sem palavras para o sucedido, pois a equipa Feminina ao longo destes anos tinha conquistado vários títulos, sendo de realçar a conquista do campeonato da IIª Divisão do Distrito de Lisboa na época de 2003/2004. Será que isso não será motivo de orgulho para qualquer clube??
Nessa instituição foi criado neste ano o escalão juvenil Masculino, ponto bastante positivo, pois é sempre de louvar as apostas na formação. Mas para mim faz-me muita confusão, um clube extinguir com as equipas femininas e criar mais um escalão Masculino. Poderá ser um reflexo da mágoa que sinto neste momento, mas para mim isto é puro machismo, do mais grave que pode existir.
Como não somos mulheres de desistir facilmente, não baixamos os braços. Apresentamos uma petição perante a direcção da Fundação Cebi, para que a sua decisão fosse revogada, com algumas propostas bastante aliciantes, mas essa tentativa foi em vão. Como resposta tivemos outro acto reflectido de desigualdade. Enfim, fizemos todos os possíveis para continuar envergar a camisola da Fundação. Algo que infelizmente não vai acontecer.
Mas nesta história nem tudo é triste, felizmente existe um final feliz. Ainda existe pessoas que acreditam no futebol feminino, e que lutam pela sua glória.
A “minha” equipa vai começar do 0, num novo clube, mais unida do que nunca, vamos mostrar a todos aqueles que nos mandaram “cozer meias”,
QUE O FUTEBOL TAMBÉM É PARA AS MULHERES!!!

Le Championat

O campeonato francês de futebol é o primeiro, dos mais importantes, da Europa a começar:
Sexta:
PSG 4Metz 1 ( Kalou 5, Cisse 38, Rothen 48 e Landrin 80 - Ahn 69)


Sábado:
Marseille 0 Bourdeaux 2 ( Faubert 16, Ducasse 86 )
Lille 1 Rennes 0 ( Makoun38 )
Nancy 0 Monaco 1 ( Kapo 69 )
Nantes 2 Lens 0 ( Yapo4, Glombard6 )
Nice 1 Troyes 1 ( Vairhua33 - Dllet 55 )
Souchaux 0 Toulouse 1 ( Santos16 )
Saint- Etienne 0 Ajaccio 0
Strasbourg 0 Auxerre 0
Domingo:
Le Mans - Lyon


Lyon- São tetracampeões e por isso mesmo os grandes candidatos. Contrataram pouco mas bem. Carew, ponta de lança norueguês já começou a facturar e apontou 3 dos 4 golos com que o Lyon derrotou o Auxerre no Troféu dos Campeões ( Supertaça ). Pedretti ( Marseille ) vem dar consistência ao meio campo. Monsoreau ( Souchaux ) vem para discutir a titularidade no centro da defesa. Fixem este nome... Ben Harfa é um miúdo de 18 anos de quem se vai falar muito!


Auxerre- Os actuais detentores da taça de França completam nesta época 100 anos! Perderam Kalou para o PSG mas perderam sobretudo o lendário Guy Roux, no seu lugar fica o antigo seleccionador gaulês Jacques Santini.


Marseille- Será desta que os marselheses conseguem ser campeões de França? Não me parece! A principal contratação é Lamouchi que regressa a França depois de muitos anos em Itália. Delfim é o português da equipa e atenção também aos jogadores emprestados pelo Benfica.


Bourdeaux- Treinados por Ricardo Gomes, os jogadores dos girondinos querem dar alegrias aos seus sequiosos adeptos. Contrataram o campeão europeu Smicer e recuperaram para o futebol francês Cheyroux ( Liverpool ). Atenção ao português Paulo Costa que está de regresso ao clube, Vasco Fernandes ( Olhanense ) estará na equipa B.


Lens- Tentará novamente entrar na luta pelo título. Contratou Diarra ao Liverpool e Aruna Dindane ao Anderlecht aposto neste último para ser uma das estrelas deste Championat. Do plantel faz parte um jovem de 19 anos chamado Jonatham Martins Pereira com um nome destes só pode ser filho de portuguêses!


Monaco- Também se reforçou bem. Kapo ( Juventus ) e Gerard ( Barcelona ) são as novas estrelas da companhia, mesmo tendo perdido Saviola são candidatos.


PSG- O capitão Pauleta já merece ser campeão em França e acredito que será desta. Kalou (Auxerre ) é um jogador maravilhoso e vai por a cabeça em água às defesas contrárias. Landrin ( Lille ) e Dhorasoo ( Milan ) são também grandes reforços. O treinador é Laurent Fournier, antiga estrela dos parisienses. Sou adepto deste clube!

Destes 20 clubes apenas Ajaccio, Le Mans, Metz, Nancy, Rennes e Troyes nunca venceram o campeonato!!!

Análise aos novos plantéis (XIII) - Vitória de Guimarães



O "europeu" Guimarães fez uma aposta forte na remodelação do plantel, tentando reforçá-lo para atacar a Taça Uefa.
Para o comando técnico da equipa o presidente Vítor Magalhães contratou Jaime Pacheco, antigo timoneiro do Boavista, um técnico que não prima pela beleza do futebol mas que coloca as suas equipas a jogar com muita garra.

Na baliza manteve-se Pedro Freitas e foram contratados Nilson (ex-Náutico Recife) e Paiva (ex-Maia).

Na defesa Jaime Pacheco contará com as permanências de Dragóner (defesa central), Medeiros (defesa central), Cléber (defesa central) e Rogério Matias (lateral esquerdo). Foram contratados Mário Sérgio (ex-Sporting, lateral direito), Zezinho (ex-Felgueiras, lateral/extremo direito), Pedro Geromel (ex-Desp. Chaves, defesa central, médio defensivo), Sereno (ex-Elvas, defesa central) e Hélder Cabral (ex-Atlético Valdevez, lateral/extremo esquerdo).

No meio campo mantiveram-se Flávio Meireles (médio defensivo) e Moreno (médio defensivo, médio centro) e foram contratados Svard (ex-Bröndby IF via Arsenal, médio defensivo, lateral, defesa-central), Pintassilgo (ex-Felgueiras, médio interior direito/esquerdo, médio ofensivo), Neca (ex-Belenenses, médio ofensivo), Benachour (ex-Paris Saint Germain, médio ofensivo) e William Tiero (ex-Kumasi Asante Kotoko, médio ofensivo, avançado).

Na frente de ataque Jaime Pacheco vai contar com a permanência de Targino (extremo esquerdo, avançado) e contratou Paulo Sérgio (ex-Sp. Braga, extremo direito), Rivas (ex-Arsenal de Sandini, extremo, médio ofensivo, avançado), Clayton (ex-Penafiel, extremo esquerdo, médio ofensivo) e Saganowski (ex-Legia Varsóvia, avançado). Aqui falta ainda um ponta de lança que se pensa ser apresentado muito em breve, para reforçar o plantel.

Eu penso que o plantel é um pouco curto e tem o grande problema de ter sido completamente revolucionado. No entanto há contratações de jogadores internacionais de grande nível que permitem olhar para o futuro com optimismo. Para mim o grande problema do Vitória vai ser precisamente o próprio treinador uma vez que para mim é complicado as gentes de Guimarães ficarem a gostar de um futebol pouco espectacular como é apanágio de Jaime Pacheco...

VITÓRIA CAMPEÃO DA TAÇA IBÉRICA



O Vitória venceu o Bétis de Sevilha nesta 5ª Feira 28/7 por duas bolas a uma.
No confronto entre o quarto colocado da última Liga espanhola e vencedor da Taça do Rei de Espanha e o 10º posicionado da Superliga e vencedor da Taça de Portugal o VITÓRIA levou por vencida uma equipa que em termos monetários está muitos milhoes de euros à frente do Vitória.

A equipa sadina entrou muito bem em jogo e fez uma primeira parte de luxo, frente às vedetas do milionário Betis, que defrontava a equipa com o 20º orçamento mais baixo do futebol profissional portugues para a época 2005 / 06, não é erro, é mesmo o 20º, pois há equipas da 2ª de honra com orçamento mais elevado.


Pelo Vitória marcaram Ricardo Chaves,
logo aos 6 minutos, na sequência de um canto apontado por Sougou, Auri cabeceou à barra, com a bola a sobrar para Ricardo Chaves que não desperdiçou e aos vinte minutos na sequência de novo lance de bola parada, Nandinho, com um enorme remate, marcou um golo fabuloso, após toque de Bruno Ribeiro.

Juanito marcou pelo Betis aos 80 minutos, na sequencia de um canto que Binho ( central do Vitória, ao cortar a bola colocou a bola nos pes do espanhol.

No estádio de Ayamonte estiveram cerca de 1000 adeptos Vitorianos que durante todo o encontro não se calaram apoiando a sua equipa, ao contrário dos sevilhanos que apesar de em maior numero ( cerca de 2600 ) permaneciam calados.



O MEU VITÓRIA É CAMPEAO DA SUPER TAÇA IBÉRICA !!! e é isso que a todos os vitorianos importa.

Mas é extraordinário como a imprensa em Portugal só fala dos ditos grandes, um clube Português ganha a Taça Ibérica mas os jornais e a TV preferem falar da côr das cuecas do Miguel, e da dor de barriga do presidente do benfica de lisboa.
É a imprensa que temos, é a verdade que existe em Potugal, é a tristeza do Pais que vivemos, é a manipulação, é o dar a vêr o lhes que interessa e não o que importa.
Mas enquanto eles falam das cuecas do que está em estágio, nos vamos ganhando mais uma taça.

OBRIGADO VITÓRIA !!!



Vitória de Setúbal
- Moretto; Janício, Auri, Veríssimo, Nandinho; Ricardo Chaves e Dembelé; Sougou, Lacombe e Bruno Ribeiro; Heitor.
Jogaram ainda: Pedro Oliveira, Binho, Adalto e Ademar.

Bétis - Contreras; Varela, Lembo, Nano e Luiz Fernandez; Benjamin e Cañas; Juanlu, Fernando e Denilson; João Tomás.
Jogaram ainda: Melli, Juanito, Rivas, Joaquín, Arzu, Rivera, Assunção, Xisco e Dani.

Os dez trabalhos de Barthez - Ideias Para outras Federações



Fabien Barthez um dos mais conceituados guarda-redes do mundo, tornou-se sem duvida num dos mais polémicos devido a um gesto genuinamente supreendente e que chocou toda a França quando a 12 de Fevereiro, num jogo amigável do Olympique de Marseille cuspiu no árbitro Marroquino Abdellah el-Achiri.
Barthez tomou consciência do seu acto logo após o ter realizado, pois como ele mesmo disse em entrevistas posteriores “Ter cuspido num árbitro fez-me sentir desconfortável, especialmente com as crianças". Naquele dia toda a França não queria acreditar no que um dos seus mais amados do futebol tinha feito e por isso não demorou muito para que a Federação de Futebol Francesa tomá-se uma decisão bem dura : suspender o jogador até 31 de Dezembro de 2005, mesmo sabendo que essa postura iria afastar o jogador da fase de qualificação do Mundial de 2006, apesar de ter sido acordada uma redução do castigo caso o guarda-redes cumprisse uma pena pouco cumum.
Assim quando anunciou a pena a cumprir por Barthez, a FFF acrescentou mais uma alínea á suspenção onde éra dito que o guarda-redes poderia voltar á competição a 15 de Outubro se concordasse em efectuar dez tarefas em prole do futebol amador, facto que Barthez aceitou com o desejo de obter o perdão e começou logo a procurar a sua redenção nos primeiros dias, pois enquanto a lista trabalhos que Barthez iria realizar só foi revelada a 13 de Junho, já o guarda-redes havia começado a sua campanha exemplar a 31 de Maio, ao orientar uma sessão de treino, em Toulouse, para jovens guarda-redes que gostariam de vir a ser profissionais. E assim começou a sua redenção…
Com a sua vontade de querer não só o perdão, como mostrar que estava arrependido do seu acto, Barthez demonstrou que não estava apenas a cumprir o castigo que lhe foi imposto, respondendo a todas as questões e deixando uma óptima impressão em todas as pessoas que conheceu durante esta experiência pelo futebol amador francês. Os jornalistas compareceram para cobrir toda a pena de Barthez e até o acusarem de so se lembrar do futebol amador agora que estava suspenso, algo que o guarda-redes refutou: "Pensam que nunca ajudei jovens jogadores? Não precisei de esperar por um castigo para vir a um lugar como este".
Para os média ele foi considerado frio nas respostas dadas, mas naquilo que interessava que éra o contacto com o público e com os jovens jogadores Barthez mostrou-se exemplar, sempre com muita humildade e boa vontade para com todos. A 2 de Julho, Barthez cumpriu a sua sexta tarefa no centro desportivo de Aix-en-Provence denominada "Desporto, mulheres e família, e saiu-se brilhantemente incitando incitando e encorajando as participantes. "O golo! Procurem o golo, é o mais importante, saiam de entre os postes e colocarão mais pressão sobre o avançado!". As participantes ficaram completamente fascinadas não só com a forma encoragedora com que Barthez se explicava, como com os grandes conselhos que deu.
Na tarefa final, Barthez, deverá ajudar no desenvolvimento do futsal, orientar um torneio de futebol de praia e, em Setembro, ajudará a conduzir as sessões de treino de um grupo de crianças Sub-8, por fim e como ultima etapa terá de trabalhar com árbitros, uma boa forma de mostrar perante todos que o seu trabalho foi concluido com sucesso, não só para a França e a sua federação como principalmente para o próprio Barthez que poderá sentir como é estar na pele de um árbitro sujeito a actos como os que Barthez tomou.
Barthez têm feito uma campanha explendorosa na sua remissão para com os franceses que naquele dia ficaram completamente desiludidos com a atitude de um dos seus meninos de ouro. Este excelente trabalho ao cumprir a penitência, serviu também para o alertar da sua importância e de ser um exemplo a seguir para os jovens franceses que o idolatram. A sua tarefa entre as raízes do futebol francês pode representar um precedente para outras federações, dando a jogadores problemáticos uma boa dose de realidade.

A.F. Viseu - Clubes inscritos para a época 2005/06

Terminadas as inscrições de Clubes na Associação de Futebol de Viseu constatou-se que o Castro Daire não se increveu, abrindo assim uma vaga na 1ª Divisão Distrital. O Clube de Castro Daire militou na época 2004/05 na 3ª Divisão Nacional Série C, mas acabou por ser despromovida. Com esta não incrição deverá ser o Mortágua a garantir a presença na 1ª Divisão Distrital.


Esta equipa perdeu o título de campeão da 2ª Divisão Distrital Zona Sul para o Santar na última jornada, e no jogo do 3º e 4º lugar acabou batida pelo Moimenta da Beira. O Campeonato da 1ª Divisão Distrital deverá ter 4 equipas provenientes da 2ª Distrital (o campeão Santar, o Lamelas, O M. Beira e o Mortágua).


Na 2ª e 3ª Divisões verificaram-se também algumas desistências.

Curso de Treinadores de Futebol (Uefa B) Nível II



O Curso de Treinadores de Futebol(Uefa B) Nível II que se iniciou a 09 de Junho tem hoje o seu fim na A.F.Viseu com a última avaliação teórica. Faltará depois aos 40 candidatos entregar até ao dia 12 de Agosto o Trabalho Projecto. O Curso teve como prelectores o Dr. Adriano Pereira, Vítor Urbano, Rodrigo Moura, Victor Pinto, Dra. Dulce Santos, Isidoro Rodrigues, Dr. José Cardoso e Dr. Jorge Nunes, Carlos Peres e José Pereira(ANTF). Os candidatos foram avaliados a Táctica-Técnica/Metodologia de Treino; Capacidades Motoras; Ciências da Educação e Comportamento Humano; Medicina Desportiva e Leis do Jogo. Existiram ainda duas avaliações práticas, nas quais foram testadas as capacidades de liderança dos candidatos.

quinta-feira, julho 28, 2005

Reforços chegam à cidade do Lis



Bartolomeu deixou o aviso, afirmando que não estava contente com o desempenho de certos jogadores: "Para se vestir a camisola da União de Leira, tem que se ter responsabilidade, humildade no trabalho e espírito de luta e sacrifício". Apesar do União não ter deixado uma má imagem na Taça Intertoto, o presidente queria mais. Contudo, as armas do Leiria não davam para mais, e a célebre frase "Quem não tem cão caça com gato" pode aplicar-se aqui, mas sem grandes resultados. Certo é que o Chairman dos leirienses não perdeu tempo e investiu em reforços, embora não sejam de créditos firmados:

  • Charles Devineau, 25 anos - O médio francês, que representou o Laval na última época, encontra-se à experiência até final da semana
  • Matias Miramontes, 23 anos - Médio de características ofensivas, o argentino está praticamente garantido no plantel 2005/2006. Nas últimas duas épocas defendeu as cores do Veneza, tendo feito 26 jogos/3 golos em 2003/2004, e 38 jogos/1 golo na última época
  • Alioune Touré, 26 anos - Chega por empréstimo do Paris St. Germain. Também ele médio, que alinha na ala direita do ataque, esteve prestes a assinar com o Setúbal, mas as condições financeiras fizeram-no recuar.

Entretanto, o médio Harrison, que não alinhou frente aos germânicos, voltou aos treinos.

Caldos Vermelhos, Azuis e Verdes, entornados!



Vários são os destinatários desta expressão, senão vejamos: O agora treinador do Benfica respondeu muito chateado a um jornalista, que o questionou sobre o que o agora treinador do FCP tinha dito sobre ele, no sentido de este último ter opinado que o primeiro punha as suas equipas a jogar mais defensivamente. Ronald Koeman, pelos vistos, ficou muito chateado, quase agredido com tal afirmação ou comparação, que teve de responder de uma forma deselegante ao seu compatriota, dizendo: “eu ganhei títulos e ele não”. Se esta afirmação é, pelo que sei, totalmente verdade, existe aqui um complexo de inferioridade qualquer que eu ainda não percebi bem. O treinador do FCP não disse que era melhor ou pior do que o do Benfica, limitou-se a interpretar subjectivamente formas de trabalhar e a expressá-las em público. Não disse também que uma equipa deve jogar ao ataque ou à defesa, não disse que o futebol defensivo não dá títulos, disse apenas, e repito, que achava que o Ronald Koeman era mais defensivo do que ele, e mais nada! Para aqueles que são adeptos do Benfica em particular, e que tanto vi criticar a postura de Mourinho, eu peço que se revejam agora nestas palavras e que me digam se concordam com elas.

Outro caldo entornado, para já, foi a dispensa de Leo Lima do FCP. As declarações que este jogador fez à chegada ao Santos, e que suscitou até o apoio de técnicos e dirigentes, revelam bem a azia com que o jogador ficou ao ser rejeitado, tanta que o fez disparatar e acusar o técnico que não lhe reconheceu valor para continuar, de não ter escola de formação com títulos. Ora, se há coisa que se sabe é que a escola holandesa é excelente, e dá formação a grandes jogadores que integram grandes equipas. Na minha opinião ele é um bom jogador, mas provavelmente não é para um clube grande. Aqui há tempos fiquei surpreendido com a notícia de que o internacional brasileiro Káká, tinha sido suplente do próprio Leo Lima nas camadas jovens da selecção brasileira, o que me fez pensar que se calhar, o rapazinho tem tido muito azar em que os treinadores todos até agora não lhe tenham reconhecido o valor que ele diz que tem, coitadinho! Curioso, é ter sido o primeiro jogador a chegar de férias e a tecer considerações sobre o treinador anterior, José Couceiro, no sentido de afirmar que ele não sabia impor respeito no balneário e no grupo de trabalho. Ironia do destino, vejam o que lhe aconteceu, coitadinho!

Caldos entornados aqui há tempos foram os que envolveram as direcções do Braga e do Sporting, a propósito dos jogadores do primeiro clube que estavam a ser alvo de interesse por parte do segundo. Ao que me parece, o Sporting roeu a corda ao Braga, andou a envolvê-los com o dinheiro que o central nigeriano Enarkarhire iria render, e no fim, já com o dinheiro na mão andou a regatear mais o preço inicialmente acordado.

Outros são os caldos, e outros são os temperos, numa altura em que eu fiquei intrigado e estupefacto com as declarações do presidente do Benfica na SIC, que deixavam antever uma aproximação ao FCP, por parte das relações e do conhecimento com o presidente portista, declarações essas que foram encaradas com alguma indiferença por parte deste, constato que a conjuntura é a mesma e que estamos e vamos continuar a ver mais do mesmo.

Quem é o proximo?



Pois é meus amigos, as descidas federativas, em Italia, não se ficaram pelo Messina e Torino.
Desta vez calhou ao vencedor da Serie B, o Génova, foi despromovido para a Serie C (III Divisao) por corrupção. A acusação refere-se ao facto de ter combinado os resultados dos dois últimos jogos da época passada, nomeadamente nos encontros com o Piacenza (2-2) e com o Venezia (3-2), baseando-se em escutas telefonicas entre um director desportivo genovês e um atacante do Venezia, assim como a descoberta de 25.000 Euros num carro pertença de um director da Cidade dos Canais.

Agora ficam no ar varias questões: Duas das três equipas que foram promovidas (Torino e Génova) foram de imediato despromovidas, será que aquela que falta (Empoli) também não tem "ases na manga", por assim dizer? Para alem destas duas e do Messina, mais alguma vai ser despromovida? O campeonato começa quando, com quantas e quais as equipas? Afinal quem sobe?

Bom, é esperar para ver, mas que está a ser bastante engraçado e interessante lá isso está.

Quem é o proximo? Aceitam-se apostas...

Quase...

Para que não digam que eu não sou um desportista nato e que não aceito as piadas sobre o meu clube, aqui vai uma:

Claro que isto é para contrastar com as equipas quase CAMPEÃS...

Análise aos novos plantéis (XII) - Boavista



Uma vez que o meu colega Garras12 já fez (e muito bem) a apresentação do plantel do Marítimo, passo esse clube à frente na minha análise e faço hoje a apresentação do Boavista. Os axadrezados são este ano orientados por um dos melhores treinadores da Superliga passada, Carlos Brito, neste que será mais um ano de "assalto" aos lugares europeus.

Na baliza o Boavista manterá William, Carlos e Khadim. William já deve estar quase a ser treinador de guarda-redes, enquanto Carlos me parece vá ser o titular da baliza axadrezada.

Na defesa, mantiveram-se Nélson (lateral/médio ala direito/esquerdo), Hélder Rosário (defesa central), Cadu (defesa central) e Carlos Fernandes (lateral esquerdo). Entretanto foram contratados Ricardo Silva (ex-Beira Mar, defesa central), Steven (ex-Paredes, lateral direito) e Igor (ex-Lamas, lateral esquerdo). Sinceramente parece-me pouca gente para uma época desgastante com castigos e lesões...

No meio campo Carlos Brito pode contar com as permanências de Tiago (médio defensivo), André Barreto (médio defensivo, interior esquerdo), Lucas (médio centro, interior/lateral direito) e João Pinto (médio ofensivo), este ao que parece em novas funções mais recuadas no terreno. Contrataram-se quatro jogadores, a saber Manuel José (ex-Vitória Setúbal, médio/extremo/interior direito), Cissé (ex-Estoril, médio defensivo, defesa central) e Guy Stéphane Essame (sem clube, médio defensivo, interior direito) e Nélson Santos (ex-Paredes, médio centro/interior), tendo regressado também Jociválter (ex-Varzim, médio ofensivo). Na prática o Boavista mantém os melhores jogadores do miolo do terreno do ano passado e contrata alguns jogadores para 2ªs linhas. Para mim, apenas Manuel José deverá conquistar a titularidade.

Na frente de ataque os axadrezados mantiveram nas suas fileiras Guga (extremo direito/avançado), Zé Manuel (extremo direito/esquerdo), Diogo Valente (extremo esquerdo), Cafu (avançado) e Fary (avançado). Foram contratados Paulo Jorge (ex-Maia, extremo esquerdo/direito) e William Souza (ex-Santos, avançado). Penso que este último será o "matador" que a equipa do Boavista precisava uma vez que joga muito bem de cabeça e remata bem.

A meu ver a principal contratação do Boavista foi claramente o seu técnico, e será pelo seu sucesso ou não que analisaremos a época do Boavista, uma vez que a nível de reforços só foram feitos alguns ajustes, sendo que apenas as contratações de Manuel José e William se podem considerar de apostas em jogadores para a titularidade. No entanto tenho a opinião de que este Boavista é candidato aos 6 primeiros lugares, ou seja, à Uefa.

quarta-feira, julho 27, 2005

A.D. Lousada



A Associação Desportiva de Lousada começou esta época com o objectivo de subida á liga de honra.
Para isso, reforçou-se pesadamente, contratando um treinador adequado, como é Jorge Amaral (Ex. Chaves). Jorge Amaral trouxe consigo Peu ( defesa experiente de 33 anos ).

Os reforços são os seguintes : Para a baliza, tensiona contar com Rui Marcos ( Ex. Gondomar ) e Vitor ( Ex. Amarante ) ; para a defesa chegaram Peu ( Ex. Chaves ), Leandro ( Ex. Torrense ) e Tomáz (Ex. Sintrense ) ; no meio-campo chegaram Ruizinho ( Ex. Vilaverdense e Písco ( Ex. Canelas ) e para a frente de ataque chegaram Pedro Mendes e Lourenço ( Ex. Freamunde ).

O Lousada consegiu ainda a renovação de alguns jogadores da época passada, são eles : Orlando, Canas, Diogo e Bertinho.
No que toca aos jogos de preparação, o Lousada irá deslocar-se ao reduto do F.C. Felgueiras no dia 23 de Julho, irá receber o V. Guimarães no dia 27 e o Beira-Mar no dia 29, alguns dias depois terá uma deslocaçao a Bragança. Já em Agosto, irá receber no dia 8, o Maia e por fim no dia 10, o F.C. Vizela.

[Os Lousadenses]

Nova Safra de Craques

E o campeonato brasileiro de futebol já começa a mostrar suas primeiras revelações, todo mundo sabe que o Brasil é ma grande fabricas de craques em diferentes posições e tais craques alimentam o mercado da bola por todo o mundo, nesse ano já podemos destacar alguns nomes, seriam eles:
Fred, atacante da equipe do Cruzeiro e um dos artilheiros do campeonato brasileiro com 9 gols até o presente instante, tem como principais características a finalização e um potente chute, alem de ser bom em jogadas de cabeça.



Fabrício, meia atacante do Atlético-PA é um jogador de muita habilidade e com uma alta precisão nos chutes de longa distancia, fazendo uma bela combinação de força e jeito com a bola, e ainda dispõe de bastante habilidade para driblar sendo rápido e eficiente nas suas jogadas.



Rafinha, lateral direito do Curitiba, já demonstrou parte de suas habilidades pela seleção sub-20 e demonstra agora pela equipe no campeonato brasileiro, como características principais posso destacar a velocidade, marcação e também o apoio que da ao ataque.



Carlinhos bala, meia atacante do Santa Cruz, embora já com seus 28 anos, agora ele aparece realmente para o futebol nacional, sendo considerado o melhor jogador da serie B do brasileirão, é um meia habilidoso, bom armador e finalizador vem levando o Santa Cruz na liderança da serie B e já esta sendo contado para ir para o Santos, caso a negociação de Robinho seja completada.


Esses são alguns dos destaques iniciais do campeonato que ano após ano revela muitos craques que só dão alegria nos gramados por toda parte do mundo.

Preparem os Motores!!


O Futsal continua no defeso e os planteis começam a ficar definidos!

No campeão nacional, o Benfica, destaque para a saída de Pedro Costa e para as possíveis saídas dos Brasileiros Leandrinho e Maicky. Quanto a entradas, o Eng. Luis Moreira apenas afirma que “vamos ver” e confirma somente que o orçamento para a época 2005/2006 vai ser mais elevado devido ao apoio que o clube vai começar a dar a secção de futsal!
Neste momento existem rumores que o Benfica está em conversação com um clube da Liga Espanhola e é certo que Luís Moreira está no Brasil junto com o técnico Adil Amarante e que estarão a aproveitar esta estadia para observar jogadores dos principais clubes Brasileiros (ULBRA, Malwe e Carlos Barbosa).
Certas são as contratações de Jardel ( Ex Sassoeiros) e de Tiago “Piranha” (Ex Coimbrões)

No Sporting o maior destaque, por enquanto, também vai para as saídas, Israel está a caminho do Freixieiro, Miguel Fernandes foi contratado pelo Belenenses e João Marçal já é jogador do Olivais.
Confirmadas também estão as contratações de 2 Brasileiros, Evandro que vem do São Paulo, e Rubinho, este vem do Intelly/Penalty, 2 jogadores que vêm da principal Liga Brasileira...
Ultimamente têm-se espalhado rumores sobre o interesse de alguns clubes Espanhóis em João Benedito, fala-se que o El Pozo de Murcia, vice campeão Espanhol e clube de Joel Queiroz, poderá ser o destino de Benedito...

No Freixieiro, muito se falou que iria construir uma grande equipa com reforços de peso, mas até agora apenas a contratação de Israel (que é um excelente jogador) e a promoção de 2 juniores ao plantel principal.

Na Fundação Jorge Antunes estão certos o Brasileiro René (Ex Joinville), Fábio (ex-Coimbrões), André Machado (ex-Famalicense), Montenegro (ex-Miramar) e a promoção de mais 2 juniores.
Sairam Marcos (Boavista), Cardinal (Famalicense) e Emerson (Alpendorada)


Estas são as 4 equipas profissionais da próxima edição do Campeonato Nacional.
Nas restantes equipas o destaque vai para a contratação de João Marçal (Ex Sporting e Internacional A) por parte do Olivais, que se juntará a nomes como Drula, Vitinha, Estrela e Piranha entre outros.
O Sassoeiros perdeu 2 jogadores importantes, Pedro Caetano para o Belenenses e Jardel para o Benfica, mas vai contar no seu plantel com 5 Ex juniores do Sporting Clube de Portugal, veremos se descobrem mais algum talento do futsal Português, destaque também para o novo pavilhão deste clube da linha de Cascais, um velho sonho que já está em execução!
O Famalicense tem um plantel praticamente todo ele renovado, 11 caras novas...
Dos recém promovidos o destaque vai por inteiro para o Belenenses, que contratou Cristiano (ex-Sporting), Miguel Fernandes (ex-Sporting), Pedro Caetano (ex-Sassoeiros), Pedro Nova (ex-Freixieiro) e Ricardo Cardita (ex-Benfica), todos eles vêm de grandes clubes do futsal Português...

A nova época começa a 1 de Outubro, preparem os motores porque a grande corrida rumo ao titulo nacional promete ser bastante competitiva, pois as principais estrelas deste campeonato ainda estão por chegar, dizem os entendidos...

Abraços e Bons Ataques

II Divisão Nacional


Finalmente saiu o alinhamento das equipas na II Divisão Nacional. Sorteio dos jogos é que só no dia 2 de Agosto.

Então temos que as equipas da Madeira, ficaram nas duas series mais a Norte, Serie A e Serie B, e as dos Açores na serie mais a Sul, a Serie D. Bafejados pela sorte foram as equipas que em teoria teem mais problemas financeiros, as do Centro do País, que se esquivaram de dispendiosas viagens às ilhas.

São então 4 as Series, divididas em: Serie A (Norte e Madeira), Serie B (Norte - Região do Douro Litoral e Madeira), Serie C (Centro), e Serie D (Sul e Açores).

Serie A
Camacha
Fafe
Atl. Valdevez
Portosantense
Trofense
União Madeira
Famalicão
Lixa
Desp. Chaves
Ribeirão
União Torcatense
Os Sandinenses
Freamunde
Braga "B"
Vilaverdense

Serie B
Aliados Lordelo
Lousada
Pontassolense
Sanjoanense
Ribeira Brava
Fiães
Infesta
Pedras Rubras
FC Porto "B"
Gondomar
Marítimo "B"
Dragões Sandinenses
Esmoriz
Sp. Espinho
Paredes

Serie C
Abrantes FC
Portomosense
CD Fátima
Ac. Viseu
União Coimbra
Oliveira do Hospital
Pampilhosa
Tourizense
Oliveira do Bairro
Benfica Castelo Branco
Penalva do Castelo
SL Nelas
Sp. Pombal
Oliveirense
Rio Maior

Serie D
Casa Pia
Mafra
Olivais e Moscavide
Pinhalnovense
Operário
Oriental
Micaelense
Madalena
Imortal
Louletano
Odivelas
Real
Silves
Torreense
Benfica "B"
Vit. Setúbal "B"

Para variar já houve quem contestasse este "sorteio". Equipas como o Pontassolense, Portossantense e União da Madeira já avançaram até com uma providência cautelar para não jogarem com as equipas do Norte, sabe-se lá porque, mas imagino que seja por verem que têm menos hipoteses de subir do que estando nas Series em que os clubes estejam todos, ou quase todos, falidos ou perto disso.
A meu ver o ideal seria as do Sul fazerem o mesmo em relação ás equipas da Madeira e não quererem jogar mais com elas.

Mas também há quem tenha ficado contente por ter evitado deslocações às ilhas (Abrantes FC). Porque será também? Será porque acham que fazem concorrencia desleal com orçamentos proibitivos para uma II Divisão Nacional?

No geral acho que foi um bom sorteio e uma boa divisão dos clubes, sendo mais acessivel a todas as principais candidatas à subida. E a luta será mais leal e dispersa, até porque as equipas Madeirenses foram divididas por igual.

Para o play-off da subida:

Nas Series A e B devem residir as equipas que serão apuradas para a Liga de Honra, sendo a Serie C o "patinho feio" em que apurará uma equipa para ajudar ao apuramento de quem jogar contra ela, uma vez que as equipas que a compõem são indiscutivelmente de menor valia. Na ultima Serie mais a Sul pode residir alguma surpresa em termos de apuramento à subida, sendo que se for um clube Açoriano, este se torna um candidato a ter em conta.

Novo Estádio pode ser o de Barcelos




Olá a todos

Como todos sabem, o C.S.Maritimo joga em casa no Estádio dos Barreiros um estádio municipal com capacidade para 11 mil pessoas arquitetonicamente desenhado à imagem dos estádios do Estado novo.É uma réplica do Jamor.

Pois bem, a direcção do clube resolveu então voar e construir um campo de futebol vulgarmente designado por estádio, à semelhança da maioria dos clubes nacionais que jogam no seu próprio campo de futebol excepção feita ao Vitoria de Setubal, ao Belenenses e a Académica que têm um Estádio.

Muita papelada, polémica e gritos rondaram este projecto Verde Rubro, mas segundo informações fresquinhas tudo indica que as obras vão arrancar.

Iniciada a pesquisa que permitem construir um estádio à medida deste grande clube, o maritimo beneficiou do momento vivido no pré-Euro 2004 em que foram construidos os mais modernos recintos desportivos para a prática do futebol e alem dos estádios do Euro, perifericamente nasceram outros estádios menos ambiciosos mas igualmente bem apetrechados e adaptados à realidade do futebol nacional.Foi o caso do estádio cidade de Barcelos inaugurado a 30 de Maio do ano passado, e para a reacção que se indigna com a injecção de capital do Governo Regional nos clubes Madeirenses, espantem-se pois o Estadio de Barcelos foi construido pela respectiva C.M.B.


O recinto servirá de "modelo" para o Marítimo. Tem uma lotação de 12376 lugares, boa localização, com uma vista soberba sobre o vale de Tomel, de tons verdes como é habitual no Minho.

Se tudo correr bem, mais um par de anos e a massa associativa verde rubra mudará de casa para um moderno "estádio" em que continuará na sua senda vitoriosa.

:)

Força Maritimo

terça-feira, julho 26, 2005

Análise aos novos plantéis (XI) - Rio Ave



A equipa sensação da última época parte para 2005/2006 com uma nova cara no comando técnico - António Sousa. Após um período sabático Sousa volta às lides para treinar a equipa do Rio Ave, uma aposta forte do técnico uma vez que terá de fazer esquecer Carlos Brito, entretanto contratado para o Boavista.

Na baliza dos vila-condenses mantêm-se os 3 guardiões do ano passado, a saber Mora, Candeias e Adriano. Recordo que Mora foi dos melhores guarda-redes da Superliga passada.

Na defesa, após a saída de Miguelito e Franco, contrataram António (ex-Atlético Valdevez, defesa central), Diogo Furlan (ex-Grêmio Inhumense, lateral esquerdo) e Milhazes (ex-Boavista, lateral/interior esquerdo). Mantiveram-se no clube Zé Gomes (lateral direito), Bruno Mendes (defesa central), Danielson (defesa central) e o experiente Idalécio (defesa central). Veremos como conseguirá o Rio Ave ultrapassar a saída de um jogador que era bastante importante como Miguelito.

No meio campo mantiveram-se no plantel orientado por António Sousa, Mozer (médio defensivo), Niquinha (médio defensivo, interior/lateral direito), Delson (médio centro, interior) e Marquinhos (médio centro, interior esquerdo). Chegaram a Vila do Conde André Vilas Boas, jovem jogador formado nas escolas do Rio Ave (ex-FC Porto B, médio defensivo/defesa central), André Serrão (ex-júnior, médio centro, interior), Cleiton Goiano (ex-Grémio Inhumense, interior esquerdo/médio ofensivo) e Diego Pessoa (ex-Náutico, médio ofensivo).

Na frente de ataque os vilacondenses poderão voltar a ver Evandro (médio ofensivo/avançado), Gama (extremo direito/esquerdo) e Gaúcho (avançado). Para reforçar o ataque foram contratados Chidi (ex-Famalicão, médio ofensivo/avançado), Ricardo Jorge (ex-Dragões Sandinenses, extremo, lateral, médio ofensivo, interior direito), Fábio Coentrão (ex-juvenil/júnior, extremo esquerdo), Agostinho (ex-Felgueiras, extremo esquerdo, médio ofensivo), Tiago Carvalho (ex-Marco, extremo esquerdo, médio ofensivo) e Keita (ex-Alverca, avançado),

Verifica-se que o Rio Ave volta a apostar em nomes não muito conhecidos do público em geral, misturando-os com uma boa base de jogadores que formam um núcleo duro de vários anos em Vila do Conde como são os casos por exemplo de Gama, Niquinha, Evandro ou Idalécio.
A dúvida que se prende neste momento é saber se António Sousa conseguirá continuar o trabalho desenvolvido por Carlos Brito e manter a fórmula de sucesso. Para mim o Rio Ave é uma verdadeira incógnita, podendo ser um dos candidatos à luta pela manutenção como também conseguir fazer um campeonato perfeitamente tranquilo...

Maritimo 05/06-Regresso à Europa?




Olá a todos

É com muita alegria, que após umas merecidas férias, regresso à "blogagem" aqui no melhor Blog de futebol do Pais.

São muitas as novidades para o C.S.Maritimo desta nova época que se avizinha. As grandes novidades em termos de saidas do clube são a de Tonel que vai vestir de Verde e Branco e mudou o leão que trazia ao peito, pois é o jogador assinou pelo Sporting desvinculando-se assim da equipa insular. Teve uma optima prestação no C.S.Maritimo presou pela regularidade e profissonalismo, todos os maritimistas estão satisfeitos pela sua passagem por cá. Felicidades Tonel, tu mereces.

A outra saida de vulto, e apesar de ser pacifica, transtornou-me! Não pelo facto de ter perdido um bom jogador mas sim pelo facto desse jogador se ter "perdido", pois é, já adivinharam tou a falar do Chainho que assinou pelo Clube maléfico do qual eu nem me atrevo a escrever o nome, aquele preto e branco ranhoso, a outra auto-intitulada equipa de futebol da Madeira que integra os quadros da Super-liga. Deus te perdoe Chainho, tu não sabes o que fazes.

Agora as entradas, com a chegada de Pekic e Komac o Maritimo consolidou o seu plantel, estes jogadores chegaram dia 6 e já estão a treinar a todo o gás com o leão ao peito.
De inglaterra, mais propriamente do Chelsea, chegaram dois reforços nacionais, Filipe Oliveira a titulo definitivo e Nuno Morais para o lugar de Tonel por emprestimo de um ano.

O Maritimo tem treinado nas serras da Madeira a 800m de altitude e com muito desgaste fisico, o que já resultou em algumas lesões, como são as de Filipe Oliveira, Pekic e Wenio. Mas a vida é assim e eles vão recuperar.

Nem tudo são rosas, Ateba o camaronês que integrará o plantel Maritimista continua retido em Africa devido a burocracias mal esclarecidas e só deverá integrar a equipa no inicio do estágio.

O Técnico Juca conta ainda com o Rincon, que foi o emprestado a epoca passada ao Paços de Ferreira tendo mesmo sido o melhor marcador da 2ª Liga, o jogador já disse que quer uma oportunidade para jogar mais vezes, lembre-se que na epoca 03/04 Rincon Marcou apenas 2 golos ao serviço do maritimo no jogo C.S.Maritimo Vs F.C.P então orientado por josé Mourinho.


Então, e até ver aqui vai o plantel C.S.Maritimo para 05/06:

Guarda Redes:

Port-Nelson Sousa
Angola-Nelson
Bras-Marcos

Defesa:

Bras-Valney
Bras-Ezequias
Port-Fernando Silva
Port-Nuno Morais
Port-Briguel (Não sei porque que insistem neste manfio do caraças)
Bras-Ferreira
Bras-Evaldo
Hol-Van der Gaag

Medios:

Bras-Fahel
Bras-Valter Junior
Bras-Balú
Bras-Olberdam
Bras-Mancuso
Bras-Wenio
Bras-Marcinho
Eslo-Komac
Port-Luis Olim (Não sei porque insistem)

Avançados:

Bras-Kanu
Bras-Nilson Sergipano
Bras-Manduca
Bras-Ronaldo
Bulga-Bibishkov
Camarões-Ateba
Eslo-Pekic
Port-Filipe Oliveira

Assim sendo, só espero que Chegemos à Europa...

Força Maritimo.....

segunda-feira, julho 25, 2005

Quando não há dinheiro... Há ideias!!!




Mais uma ideia revolucionária ao nivel do futebol.

O Krefelder Uerdingen da Regionalliga alemã (III Divisão), na tentativa de recuperar financeiramente, lançou na internet a venda de um lugar cativo anual... no banco de suplentes!!! Ou seja, o sócio ou adepto em vez de comprar um lugar na bancada, vai sentar-se ao lado do técnico e dos suplentes, mas não se fica por aqui, o adepto tem direito a integrar os treinos e os estágios e jogar pela equipa, e como tal concerteza vai ser inscrito como jogador também.
A dois dias do fim do leilão a melhor oferta cifrava-se em 103 mil euros. Isto num clube da III Divisão alemã.

Não sei se os grandes clubes repararam na galinha dos ovos de ouro que têm aqui. Tirando a parte de poder jogar pela equipa, e poder assistir aos estágios e assim, acho que é perfeitamente viável e comerciável, para as duas partes, clube e "adepto".

Imaginemos um lugar no banco de suplentes do Real Madrid, Barcelona, Manchester United, etc etc, atingiria fácilmente alguns milhões de euros, e se calhar não seriam tão poucos milhões assim. Já não digo um adepto europeu mas um chinês ou um japonês, de certeza que o faria, basta ver a loucura que é quando um destes clubes faz digressões pela Ásia.

Para um grande português era o mesmo que vender uma das suas vedetas, com a contrapartida de ficar com o jogador por assim dizer.

domingo, julho 24, 2005

Sonho desfeito

O Hamburgo arruinou o sonho da União de Leiria, de chegar pela 2ª vez consecutiva à final da Taça Intertoto. O Golias superiorizou-se a um David sem grandes argumentos, apesar da turma leiriense ter dominado na 1ª parte, chegando mesmo a assustar o conjunto germânico. Ao intervalo registava-se o nulo, e previa-se um Leiria mais atacante na 2ª parte, colocando toda "a carne no assador" (como diz o grande Quinito). Tal não se verificou e um erro infantil de Alhandra, que cometeu uma grande penalidade, foi um balde de água gelada... Barbarez não falhou e inaugurou o placard. A partir daí, o Hamburgo tomou conta dos acontecimentos, e tudo estava então decidido. Ao cair do pano, Lauth selou a partida com o 2-0. Para recordar, resta louvar a coragem demonstrada pela União, no sentido de se bater contra equipas europeias, sem uma preparação digna, na tentativa de atingir o patamar europeu, depois de uma época não muito conseguida. Serve de exemplo para aqueles que consideram o campeonato português pouco competitivo. Agora que os manda-chuvas querem reduzir os campeonatos profissionais, fica demonstrado, mais uma vez, que é um erro crasso e que só vai desprestigiar a Superliga, numa altura em que Portugal adquiriu um estatuto que há muito não tinha nas lides internacionais.


Apesar de tudo, a União deixou boa imagem

Pode ser melhor, mas...



Todos sabemos que esta fase é igual para todas as equipas. Se ganham um jogo de preparação são os melhores e o título está entregue, ou caso percam, isso é perfeitamente natural, dado o pouco tempo de preparação, etc..
Em relação ao meu FCP, apenas tive oprtunidade de ver este último jogo com o Brugges, o campeão belga. Pelo que vi tenho motivos para estar satisfeito e esperançado que, pelo menos a nossa mística, espírito de luta, sacrifício e união de grupo estão de volta! Isso é já uma realidade.
Relativamente ao futebol jogado, notei na equipa um rendimento inconstante, mas os jogadores tiveram sempre a preocupação de tentar pressionar o adversário logo no seu meio-campo. A muita troca de bola e a exploração dos flancos, nomeadamente pelos laterais, já se fez notar de alguma forma.
Os reforços penso que na sua globalidfade estiveram num plano aceitável:
- o Lucho Gonzalez é um daqueles jogadores "finos" e "omnipresentes";
- o Lisandro não esteve tão bem, contudo nota-se que é um jogador rápido e de boa técnica;
- o Sonkaya é muito activo nas suas funções ofensivas, apenas pecou por alguns erros infantis a defender;
- o Jorginho tem muita classe, correu muito atrás da bola, mas precisa de aparecer mais em jogo.
- o Helton é um grande Guarda-Redes e, pelo menos agora já notamos uma diferença. Se jogar o Baía é óptimo e o melhor que podemos ter, mas se for o brasileiro a jogar estaremos na mesma tranquilos.
Por fim aplaudir o técnico Co Adriaanse, eu que não gostei nada de ver o Couceiro sair, começo a render-me à personalidade deste holandês. Começa a fazer com o Postiga aquilo que ninguém foi capaz até hoje, isto é, correu atrás da bola que se fartou! Depois a sua destreza técnica fez o resto. E, já agora, quem é que se lembraria de relegar o Ibson para o banco em detrimento de um jovem português como o Raul Meireles?! Este ano o FCP tem sem dúvida um plantel muito equilibrado. Só espero é que o aproveitem...

De adiamento em adiamento



Na 5ª feira passada houve Assembleia Geral da SAD do Académico de Viseu, nada foi decidido e foi adiada. No dia seguinte houve Assembleia Geral do clube onde a única coisa decidida foi a demissão da Comissão Administrativa e a marcação de nova reunião para a próxima quarta-feira. Assim vai o meu Académico de Viseu com o abismo, leia-se extinção, cada vez mais perto.
Orgulho-me da minha cidade, tenho orgulho em ser viseense mas deixa-me muito triste a maneira como as pessoas tratam o meu Académico. Acordem meus senhores, futebol não é só os 3 grandes, a nossa cidade merece um Académico em grande! Num forum sobre o Académico vejo sempre as mesmas pessoas a preocuparem-se com o futuro do Académico, os emigrantes! Será que é preciso emigrar para dar valor ao clube?

sexta-feira, julho 22, 2005

David versus Golias

O União de Leiria vai participar amanhã, em Hamburgo, num desafio de contornos biblícos. Golias apresenta trunfos fortissímos: Rafael van der Vaart, Benjamin Lauth, Emile Mpenza, Daniel van Buyten, Raphael Wicky, Mehdi Mahdavikia, Thimothee Atouba, Guy Demel, Sergej Barbarez, entre outros. David apresenta duas armas menos vistosas mas que podem ser letais: a humildade e a determinação de quem não tem nada a perder. A fisga de David está apontada ao inimigo, e as esperanças estão depositadas nos golpes certeiros de Maciel, Lourenço, Cadú da Silva ou Paulo César. Num primeiro confronto, na cidade do Lis, a União mostrou alguma falta de entrosamento e pouca coragem, e a pouca afluência de público também não ajudou. Contudo, os pupilos comandados por José Gomes, surgem "à procura da surpresa na Alemanha". O mister deixou o mote:

"Procuro ser coerente em tudo o que faço e, se disse no final do jogo que podíamos surpreender o Hamburgo, continuo a afirmar que vamos procurar fazê-lo. Como? Bom, se o dissesse, deixava de ser surpresa. Só posso dizer que eles devem estar à espera de uma equipa com a mesma organização e os mesmos jogadores da primeira mão..."
No ano transacto, a União teve bem mais sorte na taça Intertoto, sendo apenas derrotada pelo Lille na final. Desta feita, saiu o Hamburgo na rifa, e a tarefa afigura-se complicada. Resta-nos aguardar pelo tiro certeiro de David, tiro esse que tenha força suficiente para derrubar este Golias germânico.
No futebol não existem impossíveis...

Deivid



DEIVID de Souza, nascido a 22 de Outubro de 1979 é jogador do Sporting. Passou por clubes como o Nova Iguaçu, Joinville, Corinthias, Cruzeiro, Bordeaux e Santos, neste último clube apontou 61 golos em 141 jogos. O Sporting ganha assim a corrida ao Santos e consegue trazer para Alvalade um jogador que não conseguiu vingar no futebol francês, vingará em Portugal?

DEIVID tem como palmarés 2 campeonatos brasileiros ( Cruzeiro e Santos ), 2 Taças do Brasil ( Corinthias e Cruzeiro ), foi também Campeão Mineiro pelo Cruzeiro e venceu um torneio Rio São Paulo ao serviço do Corinthias.

Não ponho em causa o valor deste avançado, mas não seria melhor gastar este dinheiro com o Wender e o João Alves? Resta-me desejar ao DEIVID muito sucesso e que faça os Sportinguistas felizes. Benvindo!